conecte-se conosco

Religiosidade

1.º Encontro da Pastoral do Surdo da Diocese de Paranaguá

Professoras e intérpretes de Libras, Nicole Rosa e Desyrre Reis, estão fazendo a divulgação do evento.

Publicado

em

Com o tema “Senhor faz das minhas mãos a tua voz”, acontece o 1.º Encontro da Pastoral do Surdo da Diocese de Paranaguá. O evento será realizado no domingo, 8 de setembro, com início às 8h e término às 14h30, no auditório do salão paroquial do Santuário Estadual de Nossa Senhora do Rocio. 
As inscrições estão sendo realizadas gratuitamente na página do Facebook da Pastoral do Surdo de Paranaguá, e as vagas são limitadas, sendo 25 para surdos e 25 para ouvintes.
As professoras e intérpretes de Libras, Desyrre Reis e Nicole Rosa da Silva, organizadoras do evento, falam do objetivo da ação e sobre a retomada dos trabalhos da Pastoral do Surdo de Paranaguá. “O objetivo deste encontro é promover uma interação entre surdos e ouvintes e fortalecer a comunidade surda católica e a Pastoral para que as pessoas possam conhecer o nosso trabalho e quem nós somos. Então haverá uma manhã e tarde de muita interação, aprendizado e muitos conhecimentos sobre a Igreja Católica e sobre a pastoral”, destaca Desyrre, explicando que os trabalhos da pastoral foram retomados desde o mês de maio. “É muito importante ter esse acolhimento do surdo na Igreja Católica, pois muitas vezes o surdo tem vontade de ir para igreja e não tem um intérprete, não consegue entender qual é a palavra. É por este sentido que estamos retornando com força e fortalecendo a pastoral, para que venham mais surdos e, assim, a gente possa ir crescendo”, completa.
A Pastoral do Surdo surgiu em 2015, comenta Nicole. “Como a gente quer essa interação com os surdos e que eles tenham essa inclusão na igreja, a pastoral surgiu da vontade de uma surda, que foi a Bruna Pivato, nome que a pastoral leva até hoje, e que tem o acompanhamento de nosso trabalho por sua família. A partir da criação em 2015 foi caminhando aos pouquinhos e ficou um período adormecida, mas agora estamos buscando esse fortalecimento. Muitos surdos depois de ter contato com o nosso trabalho, tendo as missas agora com libras, estão retomando a fé católica e reafirmando a sua fé. Graças a Deus nós estamos tendo apoio dos padres Emerson da Catedral e dos padres Dirson e Parron no Santuário do Rocio”, destaca Nicole. 
A programação inicia às 8 horas com o café e credenciamento, depois acontece uma breve apresentação da Pastoral do Surdo, explicando o que faz e seus objetivos. Segue com um quiz catequético, dinâmico, com Clóvis, um surdo da Pastoral de Curitiba, que fará a interação com os surdos e ouvintes que estarão participando do encontro. Na sequência, o testemunho de uma intérprete da Pastoral, que é mãe de um surdo, que falará sobre a vida e realidade de se ter um surdo na família e da inclusão, como ela acontece na escola, na igreja e na sociedade. 
Às 11h, o grupo participa da missa no Santuário do Rocio. Às 12h, acontece uma parada para o almoço. O encontro retorna às 13h30, com a palestra do padre redentorista Dirson Gonçalves, que fala sobre Nossa Senhora. A previsão de encerramento do encontro é às 14h30. 
“Gostaríamos de convidar todos que têm algum familiar ou amigo surdo ou que não têm contato, mas têm interesse, acha importantes as conclusões acolhimento do soro, em todos os lugares estão convidados para participar conosco e ter esse momento de interação e nasceram encontro bem gostoso”, convidam as organizadoras.  

MISSAS COM INTÉRPRETES

As missas com intérpretes de Libras estão acontecendo duas vezes por mês em Paranaguá, em um belíssimo trabalho da Pastoral. Todo o 1.º domingo do mês, às 19h, no Santuário Estadual de Nossa Senhora do Rocio, e no 4.º domingo do mês, às 19h30, na Catedral Diocesana de Nossa Senhora do Rosário.  
 

Programação: 

 

Continuar lendo
Publicidade

Em alta