Connect with us

Porto de Paranaguá - 85 anos

Coamo destaca alta movimentação e importância estratégica do Porto

Presidente Airton Galinari destaca investimento de R$ 200 milhões em novo terminal

Publicado

em

"Paranaguá não é um porto do futuro, ele é um porto de presente, já é uma realidade e tem uma certeza de futuro brilhante", afirma o presidente executivo da Coamo, Airton Galinari

Em 2020, a Coamo Agroindustrial completa 50 anos de atuação no Paraná. Eleita pela revista Isto É Dinheiro no ano passado como a melhor cooperativa do Brasil, a Coamo conta com a atuação de mais de 29 mil agricultores associados e um quadro funcional de cerca de sete mil colaboradores efetivos, possuindo no Porto de Paranaguá a sua porta de saída para o mundo. Segundo o presidente executivo da cooperativa, Airton Galinari, somente no ano passado foram movimentados pela Coamo através de Paranaguá 4,5 milhões de toneladas de grãos e farelo, sendo a maior movimentadora de cargas no Corredor de Exportação. Além disso, a cooperativa está investindo R$ 200 milhões em um novo terminal próprio para armazenagem de grãos no município, benfeitoria que deve ser entregue no primeiro semestre de 2021.

"A Coamo tem em Paranaguá uma instalação importante e estratégica para os nossos cooperados. Quando falamos da Coamo estamos abordando uma retaguarda de mais de 29 mil produtores, dos quais mais de 80% de pequenos e médios produtores do Paraná, Mato Grosso do Sul e Santa Catarina. Não é uma empresa, mas sim um enorme grupo de agricultores que se uniram para fazer esta cooperativa e ter uma competitividade no mercado. O Porto de Paranaguá é a nossa casa, o nosso portal de saída para o mundo, onde temos um terminal portuário que já foi ampliado algumas vezes, temos uma indústria para esmagamento de soja e também produção de óleo de soja bruto e de farelo de soja", afirma o presidente executivo da Coamo, Airton Galinari.

 

Reestruturação e balanço

Airton Galinari assumiu a presidência executiva da Coamo em fevereiro deste ano e destaca a atuação sempre positiva da empresa na economia paranaense, com recente reestruturação para ampliação e continuidade do seu crescimento já consolidado no agronegócio mundial. "A Coamo completa 50 anos no dia 28 de novembro com uma história só de sucesso, passando por todas as crises que o País teve neste período e nunca houve crise na verdade, ela sempre foi muito estruturada, capitalizada. É uma cooperativa de resultados e que divide estes resultados com os seus associados", explica.

"Havia uma preocupação de todos os cooperados em como dar continuidade a esse trabalho e a forma da sucessão deste sucesso. A maneira que foi encontrada pela diretoria eleita pelos cooperados e o Conselho de Administração foi criar uma diretoria executiva. A estrutura hoje conta com o Conselho de Administração que é composto por eleitos em assembleia a cada quatro anos, que possui um presidente, que continua sendo o José Aroldo Gallassini, que é o idealizador e fundador da Coamo em 1970", ressalta Galinari.

"Nesta continuidade se observou que seria o modelo mais seguro para esta sucessão, pois os executivos são todos do quadro funcional, com mais de 30 anos de Coamo e muita experiência em sua área. No meu caso, em particular, morei por 13 anos e coordenei os trabalhos em Paranaguá. Esse grupo conhece a fundo os negócios da cooperativa e o quadro social, garantindo uma continuidade do trabalho de sucesso. A gente fala que a mudança realizada foi para dar continuidade ao trabalho de sucesso que tivemos na Coamo nesses 50 anos", afirma o presidente executivo.

Segundo Galinari, em virtude de ter assumido recentemente a presidência executiva da Coamo, o período atual é de adaptação ao novo cargo. "Temos um time muito bom e uma equipe forte e conhecedora com um suporte contínuo do Conselho de Administração a este grupo que está assumindo. Estamos caminhando com tranquilidade. Os associados receberam muito bem a mudança no modelo e temos a certeza de que este será um modelo de sucesso", acrescenta.

 

Melhor cooperativa do Brasil

Em 2019, a Coamo recebeu o prêmio de "Melhor Cooperativa Agrícola do Brasil" conforme ranking do anuário ‘As Melhores da Dinheiro’, da Revista Isto É Dinheiro. De acordo com o presidente executivo, o destaque da cooperativa é positivo e reforça o compromisso para continuar este caminho em 2020 e nos próximos anos. "Tivemos um destaque grande no cooperativismo nacional. Sempre estivemos entre as grandes cooperativas e há tempos temos nos destacado como a maior e, muitas vezes, a melhor. É uma grande cooperativa, com um trabalho muito sério, temos bem claras as nossas diretrizes, nossa missão, visão e valores", destaca.

"O grande valor da Coamo é baseado em ética, confiança e honestidade, algo fundamental em uma cooperativa, visto que, se o associado perde a confiança na diretoria, a chance da cooperativa não dar certo é grande. Portanto, estes são valores que temos muito fortes fazendo com que nossos associados confiem e depositem sua produção na Coamo, para que ela negocie sua produção, compre seus insumos, receba assistência técnica, crédito e financiamentos do banco da cooperativa, com um pacote de serviços completo para desenvolver suas atividades", acrescenta, ressaltando que, com isso, o produtor pode focar sua atividade, na produção, com suporte contínuo da Coamo, com recebimento de grãos, infraestrutura, armazenagem e comercialização.

 

Movimentação

De acordo com o presidente executivo, em 2019 a Coamo movimentou cerca de 4,5 milhões de toneladas de grãos e farelo exportadas via Paranaguá. "Fomos o maior movimentador do Corredor de Exportação e praticamente o maior exportador do Paraná", explica Galinari. "A Coamo recebeu no ano passado 7,2 milhões de toneladas e este ano, dependendo da safra de milho e soja, que seguramente já é maior que a de 2019, isso gerará volumes muito expressivos, sendo destaque nacional", complementa.

 

Investimento de R$ 200 milhões

Galinari destaca que a Coamo está fazendo um investimento de R$ 200 milhões em Paranaguá. "Estamos fazendo praticamente um novo terminal privado conectado ao Corredor de Exportação. Esses recursos que estamos investindo mostram a importância que a Coamo dá para Paranaguá. Temos também a previsão de ainda mais investimentos em função da renovação do nosso contrato de arrendamento. O Porto de Paranaguá é muito estratégico, é nossa porta de saída para o mundo e fundamental para que possamos remunerar melhor o agricultor associado da Coamo", acrescenta.

"Estamos investindo em três novos silos verticais para armazenagem de grãos de 80 mil toneladas, com estacionamento de caminhões, toda uma instalação nova com duas linhas de embarque de 2 mil toneladas cada conectadas ao Corredor de Exportação, tudo isso em área própria. Passamos então a ter um terminal próprio, pois até então a gente vinha atuando em um terminal arrendado. Esse investimento de  R$ 200 milhões será todo em área própria da Coamo em Paranaguá", explica o presidente executivo da Coamo.

Airton Galinari ressalta que a Coamo também tem um compromisso de investimento para a renovação do contrato de arrendamento que está em estágio avançado. "Será um investimento na área arrendada que é escalonado em alguns anos, mas também superior a R$ 100 milhões. Temos grandes planos de investimento em Paranaguá, algumas modernizações que faremos na indústria de óleo, com um sistema sustentável, moderno, com correias exportadoras sem emissão de poeira, sem ruído em um modelo moderno e eficiente. Dos 13 anos que estou em Paranaguá não houve um ano que não estivéssemos investindo, tudo isso gerando emprego, crescimento, algo que acontecerá também neste novo terminal que gerará novas vagas de emprego em definitivo e na construção. Este espaço já está em obras e nossa expectativa é que seja concluída no primeiro semestre de 2021", acrescenta.

 

Aniversário do Porto de Paranaguá

"Paranaguá está de parabéns. O Porto ganhou muito em eficiência e é hoje um terminal de referência mundial, o preço da soja no Brasil é praticamente referenciado em Paranaguá. As empresas da cidade acreditam e investem em Paranaguá", afirma Airton Galinari, ressaltando as grandes empresas operando no Porto de Paranaguá. "Paranaguá não é um porto do futuro, ele é um porto de presente, já é uma realidade e tem uma certeza de futuro brilhante. Parabenizo o Porto de Paranaguá pelos seus 85 anos, convivo há mais de 30 anos neste terminal e tenho uma história muito íntima com o Porto. Desejo todo o sucesso do mundo para aqueles que operam via Paranaguá e tenho certeza de que o Porto não irá parar de crescer, trazendo sucesso e progresso ao Paraná, com alta movimentação de cargas, diversidade de atividades no Porto operando todo tipo de carga", destaca.

 

Fotos: Divulgação Coamo

Continuar lendo
Publicidade

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.