Connect with us

Polícia

Reconhecido no IML corpo de homem vítima de agressão em Matinhos

Além das agressões a vítima foi atropelada pelos assassinos.

Publicado

em

Foi reconhecido por familiares, na última quarta-feira, 25, o corpo de um homem recolhido pelo Instituto Médico Legal, na madrugada do dia 18, em Matinhos. Giucleyton dos Santos, de 30 anos, era natural de Guaraniaçu, no oeste do Paraná.

De acordo com a família, “Cleitinho” como era conhecido, seria morador em situação de rua e estava em Matinhos, onde cuidava de carros.

Guicleyton foi violentamente agredido por dois homens e atropelado, pelo menos 3 vezes, pelo veículo ocupado pela dupla. O homem morreu no local das agressões.

RELEMBRE O CASO

Por volta das 4h da madrugada de quinta-feira, 18, policiais militares de Matinhos foram acionados por populares a comparecer na Avenida Juscelino Kubitschek de Oliveira, região central do município para dar atendimento a uma situação de agressão. No local, nas proximidades de um posto de combustível, dois indivíduos estavam agredindo violentamente um rapaz.

O trio chegou em VW Polo cor preta e as agressões começaram do lado de fora do veículo, de onde a vítima foi retirada com o uso de força. Além de agredir o rapaz, os dois homens passaram com o veículo, por cima da vítima, pelo menos 3 vezes.

Agonizando, o rapaz ainda foi atingido por várias pedradas e acabou morrendo no local. Os agressores fugiram.

Equipes da Polícia Militar cercaram a região e encontraram o carro usado na ação criminosa trafegando pela Rua Antonina, no bairro do Tabuleiro. O automóvel estava sendo conduzido pelo pai de um dos agressores, identificado como “Dédi”. O suspeito não foi localizado. O motorista contou aos policiais que o filho abandonou o veículo próximo da sua residência e fugiu com outros dois homens. O carro foi apreendido e ficou recolhido no pátio da Delegacia da Polícia Civil de Matinhos.

VÍTIMA

Equipes de emergência foram até o local onde estava a vítima e constataram o óbito. A região foi isolada, o corpo periciado pela Criminalística e, na sequência, recolhido ao Instituto Médico Legal de Paranaguá.

O rapaz, que seria guardador de carros em Matinhos, e conhecido por “Cleitinho”, não portava documentos e estava vestindo bermuda jeans, camiseta amarela e um colete amarelo e preto.

LIBERADO

Depois do reconhecimento oficial, realizado pela família, o corpo de Giucleyton dos Santos, foi liberado para velório e sepultamento na cidade de Guaraniaçu.

Continuar lendo
Publicidade

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.