conecte-se conosco

Polícia

Polícia Civil e Guarda Municipal derrubam cassino clandestino em Pontal do Paraná

Espaço ficava localizado no Balneário Canoas. Caça-níqueis, cartelas de bingo, roletas e baralhos foram flagrados no local
(Foto: Guarda Municipal de Pontal do Paraná)

Publicado

em

Na quinta-feira, 3, a Polícia Civil do Paraná e Guarda Municipal de Pontal do Paraná, em ação conjunta, descobriram um cassino clandestino localizado em Pontal do Paraná, no Balneário Canoas. No local, estavam diversas máquinas caça-níqueis, cartelas de bingo, roletas e baralhos, todas envolvendo jogos de azar para exploração ilícita da atividade. O cassino tinha a fachada de uma residência normal, no entanto, ao entrar no local, um verdadeiro "playground" ilegal para adultos era perceptível, com seis salas de jogos, assim como piscina e churrasqueiras. 

"Era uma residência normal, com uma sala adaptada a jogos com máquinas caça-níqueis. Também tinha outra sala, onde funcionava um bingo, roletas e jogos de cartas", afirma o delegado da Polícia Civil, Tiago Wladyka. Ainda segundo as autoridades, a residência-cassino estava aberta, entretanto nenhum dos moradores foi encontrado no local. Apenas uma pessoa foi encaminhada à Delegacia da Polícia Civil no Balneário Ipanema para prestar depoimento. Todo o material ilegal foi apreendido e as máquinas de jogos foram encaminhadas para perícia. 

Caça níqueis foram encaminhados para perícia da Polícia Civil  (Foto: Guarda Municipal de Pontal do Paraná)

O delegado ainda destacou que instaurou inquérito policial para investigar os fatos. "Em diversas ocasiões, essas máquinas são adulteradas para que o jogador nunca vença, ou ganhe apenas pequenas quantias, o que pode configurar crime de estelionato", explica, detalhando o crime de jogo de azar. Os proprietários do cassino não estavam no espaço, entretanto já foram identificados pela Polícia Civil. 

"Essa não é a primeira vez que a Polícia Civil e a Guarda Municipal derrubam um cassino e apreendem máquinas caça-níqueis em Pontal do Paraná. Em novembro do ano passado, Wladyka, a Guarda Municipal e sua equipe derrubaram outro cassino no Balneário Monções", explica a assessoria da Guarda Municipal. 
 

Continuar lendo
Publicidade

Em alta