conecte-se conosco

Polícia

Menor acusado de homicídio em Guaratuba é apreendido pela polícia

O menor teria desferido vários golpes no homem que dormia no sofá.

Publicado

em

Um menor de 17 anos, acusado de homicídio na cidade de Guaratuba, foi apreendido na noite desta segunda-feira, 14, durante uma ação da Polícia Militar, no bairro Alto, em Curitiba.

Ele estava no carro da vítima, um Ford Fiesta Sedan, cor preta, com outros quatro indivíduos. O grupo estaria praticando assaltos na região.

HOMICÍDIO

Na manhã desta segunda-feira, uma mulher de 31 anos, e sua filha, uma menina com 14 anos, procuraram a unidade da Polícia Militar em Guaratuba para registrar um homicídio.

Imediatamente, equipes foram ao local indicado pelas testemunhas, a casa da família, na Avenida Guaratuba, no bairro Mirim.

Dentro da residência, sentado em um sofá, estava o corpo de Clésio Maximiano Torres, de 54 anos, morador em Joinville, Santa Catarina.

Mãe e filha relataram aos policiais que conheceram Clésio, na noite de domingo, 13, e depois de beberem e conversarem por algum tempo, foram para a casa onde as duas moram, com o menor.

Ainda de acordo com as testemunhas, ao acordar, na segunda-feira, 14, pela manhã, a menina teria flagrado o adolescente em cima da vítima, com uma faca na mão.

O menor teria desferido vários golpes no homem que dormia no sofá.

Depois de matar a vítima, ele pegou certa quantia em dinheiro, que estava em sua carteira, um aparelho celular e fugiu com o veículo de Clésio.

Buscas foram realizadas na região, mas o menor não foi localizado.

O motivo do crime brutal não foi relatado pelas testemunhas.

IML

Depois da perícia, realizada pela Criminalística, no local onde o crime aconteceu, o corpo de Clésio Maximiano Torres, de 54 anos, foi recolhido ao IML – Instituto Médico Legal de Paranaguá, onde passou por exames complementares.

Familiares, que moram em Joinville, estavam providenciando a documentação para liberar o corpo.

MENOR

O menor, que tem mais de 30 passagens pela polícia, é natural de Joinville, Santa Catarina, ele foi encaminhado para a Delegacia do Adolescente, na capital do estado.

Continuar lendo
Publicidade

Em alta