conecte-se conosco

Polícia

Ex-esposa assassinada por policial em Paranaguá tinha medida protetiva contra ele

Jocileine Siqueira foi morta a tiros por Sidnei Silva em sua casa enquanto os filhos do casal dormiam. Após o crime, ele cometeu suicídio (Foto: Reprodução/Facebook)

Publicado

em

Paranaguá acordou com mais um caso de femicídio neste sábado, 20, véspera da Páscoa. Sidnei da Rosa Silva, 48 anos, sargento de reserva remunerada da Polícia Militar do Paraná (PMPR), matou a sua ex-esposa, Juilene Siqueira Airoso, 29 anos, a tiros em sua residência no Jardim Figueira por volta das 7h30. Após realizar o crime, na mesma casa aonde os filhos do casal, com menos de 10 anos, dormiam, Sidnei foi até o quitinete aonde estava morando no  Porto dos Padres e cometeu suicídio com um tiro na cabeça. 

O casal teria terminado o relacionamento há pouco tempo e o fim não teria sido amigável. O policial assassinou a ex-esposa com quatro tiros de pistola .45, mesma arma que utilizou para tirar sua própria vida. A crueldade do crime fez com que o  caso ganhasse repercussão nacional, com notícia divulgada no maior telejornal do Brasil, o Jornal Nacional da Rede Globo, na noite deste sábado, 20. 

MEDIDA PROTETIVA EXPEDIDA CONTRA O EX-MARIDO

De acordo com a Polícia Civil do Paraná (PCPR), a ex-esposa tinha medida protetiva expedida contra Sidnei Silva. O pedido teria sido concedido em outubro de 2018, após denúncias de ameaças contínuas do sargento aposentado contra a ex-mulher. A medida protetiva determina que o indivíduo não pode nem se aproximar da vítima, algo que foi feito por Sidnei para concretizar o feminicídio. 

A Polícia Civil também detalhou o feminicídio de Jocileine, ressaltando que o ex-marido teria ido até a sua casa e iniciado uma discussão. Ele chegou a sair da residência, mas resolveu voltar e matar a mulher no Jardim Figueira. O SAMU foi acionado, mas quando chegou ao local a vítima já estava em óbito. Após isso, Sidnei voltou para onde estava morando no Porto dos Padres, com a pistola em mãos, pedindo para que todos se afastassem e cometendo suicídio em seu quarto. 

DEPRESSÃO DO POLICIAL

Segundo familiares de Sidnei, ele estaria passando por um quadro de depressão, algo agravado por alcoolismo. Parentes de Jocileine destacaram indignação e tristeza com a morte da mulher de 29 anos, ressaltando a proximidade dela com os filhos. 

A PMPR e a Polícia Civil agora apuram o caso. 

Residência aonde Jocileine foi assassinada 
 

Continuar lendo
Publicidade

Em alta

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.