conecte-se conosco

Pet

Conheça alguns procedimentos de primeiros socorros para animais

Ocorrências podem ser comuns, exigindo do dono um conhecimento prévio

Publicado

em

Você já se deparou com uma situação de emergência com o seu cãozinho em decorrência de um acidente? Essas ocorrências podem ser mais comuns do que se imagina, exigindo do dono um conhecimento prévio sobre como realizar os procedimentos de primeiros socorros a fim de evitar sequelas graves e até mesmo a morte.

Para esclarecer dúvidas em situações como atropelamentos e envenenamentos, o Dr. Marlos Gonçalves Sousa, médico-veterinário, explica a importância de se fazer um atendimento rápido para evitar consequências graves e salvar o animal.

 

Quais são os principais acidentes que envolvem os cães?

São diversos os acidentes que envolvem os cães. Como exemplos, podemos citar os atropelamentos, que, mesmo sem qualquer sinal de trauma externo, requerem atenção do Médico-Veterinário devido à possibilidade de lesões nos órgãos internos, podendo comprometer a saúde do animal posteriormente. Outros acidentes frequentes são as intoxicações, o choque elétrico, o acidente ofídico e, claro, os traumas diversos (briga entre animais, traumatismos, coices, dentre outros).

 

Como se diferenciam os casos emergenciais dos urgentes?

Emergências são situações críticas inesperadas, súbitas, cujo pronto atendimento é fundamental à identificação do problema e correção de suas consequências, exigindo a imediata intervenção do Veterinário para garantir a sobrevivência do paciente. Já os casos urgentes representam situações perigosas, de aparecimento mais lento e previsível, cujo atendimento não pode ser adiado, requerendo solução em curto prazo, ainda que de maneira menos imediatista que nos casos emergenciais.

 

No caso de atropelamento do meu animal de estimação, quais devem ser os procedimentos de primeiros socorros?

Dependendo da magnitude do atropelamento é possível que haja danos a múltiplas estruturas corporais, incluindo órgãos internos, de modo que é imprescindível levá-lo ao veterinário para que seja apropriadamente examinado, excluindo quaisquer possibilidades de lesão. Quanto aos primeiros socorros, se houver lesão musculoesquelética, deve-se cobri-la com um tecido limpo, procurando imobilizar a região corporal afetada durante o transporte até a Clínica Veterinária. Havendo hemorragias, pode-se tentar estancá-la com ataduras (fraldas descartáveis limpas podem ser empregadas para esse fim). Em todos os casos, contudo, não se deve perder tempo. Os segundos perdidos podem significar o insucesso dos procedimentos realizados quando o animal chegar ao consultório. Portanto, a recomendação mais apropriada é contatar o veterinário imediatamente e seguir para a clínica mais próxima.

 

Como deve ser o transporte do animal nos primeiros socorros?

Pode-se colocar o animal sobre um colchão de espuma no banco traseiro do carro, evitando movimentos bruscos. Para animais maiores e mais pesados, deve-se passar um lençol por baixo (como uma rede) para transportá-lo até o veículo. É importante que o animal esteja tranquilo (e o proprietário também), e lembre-se de que segundos valem ouro nessas situações. Não se esqueça de contatar o veterinário antes de sair de casa para que, ao chegar à clínica, todos já saibam do ocorrido e estejam aptos a instituir o pronto atendimento.

 

Continuar lendo
Publicidade

Em alta

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.