conecte-se conosco

Natal

Crianças têm desejos que traduzem a simplicidade e pureza infantil

Alunos da Escola Municipal Maria Trindade, em Paranaguá, relataram as aspirações natalinas

Publicado

em

Todo ser humano tem um sonho. Formar-se na faculdade, ter sucesso na carreira, comprar uma casa, um carro, conhecer o mundo, ter filhos, entre outros. Alguns, às vezes, parecem mais fáceis de ser alcançados que outros e, é nesta época de Natal que se torna possível olhar para trás para ver se ficou algo pendente e analisar o que pode ser feito para alcançar seu sonho.

NASCIMENTO DE JESUS

Entre as crianças, essa percepção não é diferente. Nas escolas e em casa, elas aprendem o real significado do Natal e compreendem a esperança que o nascimento de Jesus representa para a humanidade. Para entender melhor esses sonhos que nascem na infância, a Folha do Litoral News recebeu a visita de quatro crianças da Escola Municipal Maria Trindade, acompanhados pelas professoras Martha de Oliveira Pinheiro e Celaine Marcelo Villabruna.
A instituição de ensino está localizada em uma das regiões mais carentes de Paranaguá, nas proximidades do local em que funcionava o antigo Lixão. A escola tem 120 alunos. Eles fazem parte de uma parcela da população que vivencia uma realidade dura.
As professoras Martha e Celaine contaram que, anualmente, a escola realiza festas de Natal para as crianças, graças à mobilização de diversos grupos sociais. Segundo as professoras, o Natal é trabalhado em sala de aula durante este período do ano de forma lúdica. Elas afirmaram que tentam passar o real significado da data para que as crianças não tenham a época como um sinônimo de ganhar presentes. 

OS SONHOS E AS ESPERANÇAS DE NATAL


O aluno Cleiton Rodrigues, do 3.º ano do Ensino Fundamental, foi certeiro ao descrever seu sonho. “Meu sonho é ir ao Beto Carrero, já vi na televisão e gostaria muito de conhecer o carro bate-bate e tudo mais que tem lá. Queria passar um dia inteiro lá brincando e passeando, levaria comigo os meus dois irmãos. Natal para mim significa o nascimento de Jesus, a professora me ensinou na escola”, contou Cleiton.

COXINHA E REFRIGERANTE

O menor do grupo, Deivyd dos Santos Saldanha, do 1.º ano do Ensino Fundamental, deixou que a professora Celaine revelasse o seu sonho. “Ele me disse que o maior sonho dele é ir a uma lanchonete, porque nunca foi e queria comer coxinha e tomar refrigerante”, disse a professora sobre o sonho de Deivyd.

A aluna Alice Camargo, do 3.º ano do Ensino Fundamental, já estava com a imagem pronta de como seria o seu Natal perfeito. E o mais curioso é que ele não envolve presentes caros ou a visita do Papai Noel. O sonho de Alice está ligado ao mundo de cores e brinquedos, o qual ela mesma criou em sua imaginação.

“O meu sonho de Natal é um parque assim com um carrossel bem grande e bem colorido. No Natal, lembro muito do meu irmão Samuel, porque quando ele era pequeno eu não o vi muito, ele nasceu em dezembro e, por isso, lembro muito dele nesta época. Nós não passamos o Natal juntos”, disse Alice.

SER POLICIAL

Para a Alice Ribeiro, as lembranças também não são tão especiais como ela gostaria. Além de ter o sonho de ser uma grande profissional na área de segurança pública, sua maior expectativa a cada Natal é reencontrar o irmão, que foi embora de casa.
“Meu sonho de Natal é conhecer o quartel da polícia, porque acho certo o que eles fazem. Vejo os policiais na rua e imagino que lá tenha grades onde eles prendem os bandidos. Meu sonho é ser uma policial. O Natal para mim é uma data muito especial. Meu irmão foi embora de casa em um Natal, com 15 anos, depois de uma briga e, por isso, todo Natal eu lembro dele”, relatou Alice Ribeiro.

SONHOS REALIZADOS

No período em que a matéria da Folha do Litoral foi produzida, o sonho da Alice Ribeiro mobilizou professores da escola e jornalistas da Folha do Litoral News. Em contato com a PM, o desejo da menina foi realizado no dia 12 de dezembro. Ela recebeu uma farda da PM e conheceu as instalações do 9.º BPM, em Paranaguá. Alice chorou de emoção com a surpresa realizada pela PM.

As professoras Silvia e Celaine levaram toda a turma do aluno Deivyd para realizar o sonho de comer coxinha em uma lanchonete.

Continuar lendo
Publicidade

Em alta

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.