conecte-se conosco

Meio Ambiente

Empresa Portos do Paraná realiza monitoramento da avifauna

Nesta ação, a equipe saiu de Pontal do Sul, passando pela Ilha do Mel, Ilha da Cotinga, porto e Antonina

Publicado

em

Dentro dos programas ambientais executados pela empresa Portos do Paraná nas baías de Paranaguá e Antonina, foi realizado quarta-feira, 11, o monitoramento de avifauna, embarcado. O levantamento específico é executado mensalmente, desde 2016, em locais pré-determinados: praia de Pontal do Sul, Ponta da Pita, Trapiche de Antonina, Rocio, Ilha do Mel e na transecção aquática do entorno das baías de Paranaguá e Antonina, em outros cinco pontos.


Segundo Juliana Lopes Vendrami, bióloga da Portos do Paraná, o monitoramento da avifauna é realizado como medida de mitigação exigida pelo licenciamento ambiental que permite a operação dos portos paranaenses, concedido pelo Ibama. “É um levantamento importante, que se soma a todas as outras ações ambientais que realizamos. Ele indica o quanto as atividades portuárias podem estar impactando nas populações de avifauna que habitam as baías de Paranaguá e Antonina”, afirma Juliana.

TRAJETO EMBARCADO

Nesta ação, a equipe saiu de Pontal do Sul, passando pela Ilha do Mel, Ilha da Cotinga, porto e veio até Antonina. “Nesse trecho avistamos 23 espécies, a mais comum aparentemente é o biguá, junto com o urubu. Essas duas espécies somam o maior número de contagem de indivíduos nas baías dos Portos de Paranaguá e Antonina”, informou Leonardo Rafael Deconto, biólogo contratado pela CIA Ambiental, empresa que presta serviço para a Portos do Paraná.

Monitoramento é realizado como medida de mitigação exigida pelo licenciamento ambiental

Ele explicou que o melhor horário para observação é sempre pela manhã, por conta da movimentação dos bichos. “Mas ficamos sempre na dependência da maré, hoje avistamos perto de mil aves”, comemorou Deconto.
Segundo ele, durante o trajeto é possível fazer aproximadamente sete amostragens, com “janelas” de 20 minutos, que correspondem a uma distância equivalente de cada trecho.

SOBRE AS AVES

Até agora, considerando todos os monitoramentos executados, cerca de 147 espécies de aves foram identificadas no litoral do Paraná. No monitoramento terrestre, as duas mais avistadas são a garça-azul e o urubu. Quando feito embarcado, os animais encontrados em maior quantidade são o biguá e o trinta-réis-de-bando.
Considerando o status de ameaça no âmbito internacional, nacional e estadual das principais espécies encontradas, encaixam-se como “pouco preocupante” o biguá, o pato-do-mato, o martim-pescador-verde, a garça-moura, a garça-branca-pequena, o maçarico-de-sobre-branco, a batuíra-de-bando, a batuíra-de-peito-tijolo, o trinta-réis-de-bando, o batuiruçu, o talha-mar, o mandrião-chileno, o maçarico-de-perna-amarela, o maçarico-grande-de-perna-amarela, o maçarico-solitário, o periquito-verde, o tuim, o gavião-tesoura, a águia-pescadora, o gavião-caramujeiro, o gavião-preto, o bico-de-lacre e o calhandra-de-três-rabos.
No status “quase ameaçada” estão a gralha-azul e o sanhaço-de-encontro-azul. Como “vulnerável” está o albatroz-de-sobrancelha e o trinta-réis-de-bico-vermelho. Nos mais preocupantes, indicados como “em perigo” estão o papagaio-de-cara-roxa, o savacu-de-coroa e o trinta-réis-real. Por fim, com “criticamente em perigo”, está o guará.
 

Fonte: AEN
Fotos: Divulgação Portos do Paraná

Continuar lendo
Publicidade

Em alta

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.