conecte-se conosco

Litoral

Bebê de cinco meses se engasga com leite materno e é socorrido por policiais militares em Matinhos

Equipe da Polícia Militar da Operação Verão conseguiu reanimar a criança e evitar uma tragédia

Publicado

em

A família de Siderleia Desplanches viveu um drama na noite desta segunda-feira, 25, quando a xodó da casa, a pequena Beatriz Desplanches Dorneles, de cinco meses de vida, se engasgou com leite materno e já não respirava. Mas a última esperança foi depositada em uma equipe da Polícia Militar da Operação Verão, que foi até o local, conseguiu reanimar a criança e evitar uma tragédia. A menina foi levada para o Pronto Socorro de Praia de Leste para receber atendimento médico, mas passa bem e retornou para casa com a família.

A noite de segunda-feira, 25, foi marcante para o sargento Marcos Antônio Medeiros e para o soldado Alexsandro Almeida Custódio. Prestes a encerrarem a escala de trabalho, às 23 horas, receberam um chamado pelo 190: uma família angustiada e uma bebê engasgada com leite já sem sinais de vida.

A casa fica no balneário Albatroz, e quando a equipe policial chegou o desespero era grande. “Ao chegarmos próximo da casa muitas pessoas estavam na rua e nos indicaram a residência da família, e logo ao desembarcamos da viatura nos encontramos com a mãe, já com a criança sem esboçar sinais de vida, totalmente roxa”, conta o sargento M. Medeiros.

Antes da chegada da equipe, a mãe recebeu orientações do atendente do Centro de Operações Policiais Militares (COPOM), soldado Walter Viana da Silva, e com a chegada da equipe no local, rapidamente o cenário de desespero deu lugar ao alívio. “Iniciei a manobra de Heimlich, que aprendemos durante a nossa formação como policial militar, para a desobstrução das vias aéreas, e logo depois a Beatriz começou a chorar e se movimentar, um momento de grande alegria para nós e para toda a família”, explica o sargento.

Uma ambulância do Siate foi até o local e, após uma análise preliminar no local, os socorristas levaram a pequena Beatriz e a mãe para o Pronto Socorro de Praia de Leste, em Pontal do Paraná, para que uma avaliação médica fosse feita. No hospital, os policiais e a mãe conversaram e trocaram experiências. Depois do susto, Siderleia agradeceu à equipe policial. “São anjos enviados para salvar minha filha. Se não tivessem chegado provavelmente a Beatriz não estivesse nos meus braços”, disse.

A família dela já passou por uma situação semelhante há anos atrás, mas o desfecho foi trágico. “Meu irmão se engasgou com leite e o levamos ao hospital. Além do engasgo, descobrimos que ele tinha problemas cardíacos e alguns dias depois acabou falecendo, um choque para toda a família. Quando a Beatriz se engasgou, a angústia e o trauma do passado pareciam que iriam se repetir, mas graças a Deus a aos policiais militares o final da história foi diferente”, afirma Siderleia.

Para o soldado Alexsandro, foi uma experiência incrível participar de uma ocorrência que ficará na memória. “Quando recebemos o chamado pelo 190 ficamos apreensivos e deslocamos com o coração na mão não sabendo o que iríamos encontrar. Na nossa profissão lidamos com muitas tragédias e muitas vezes não há o que fazer, mas hoje pudemos fazer algo diferente e fazer uma família feliz com a sensação de dever cumprido”, destacou.

Marcia Santos/PMPR

Fotos: Soldado André Gonçalves

 

 

Continuar lendo
Publicidade

Em alta

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.