Logotipo

Viaduto na entrada da cidade está 56% concluído

13 de março de 2019

APPA prevê novas obras para melhorar infraestrutura das vias de acesso

Compartilhe

A obra que contempla a construção de um viaduto no km 5, na entrada da cidade de Paranaguá, avançou e já está 56% concluída. Os serviços foram iniciados no dia 31 de julho de 2018 e têm como objetivo facilitar o trânsito, deixando-o mais seguro e rápido tanto para caminhões como para veículos de passeio. A previsão é que os serviços sejam entregues em junho de 2019, no entanto, em maio, a estrutura já deve ser liberada para o tráfego.

A estrutura terá 900 metros de extensão, seis metros de altura e 7,6 de largura. O novo viaduto deverá organizar o tráfego pesado na entrada da cidade, que recebe mais de 400 mil caminhões ao ano.

Segundo a Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (APPA), a última medição, que indica a porcentagem de conclusão do serviço, ocorreu em janeiro. “As obras de arte especial estão 80,81% executadas, os demais serviços estão dentro do cronograma como: terraplanagem, pavimentação, drenagem e sinalização”, informou em nota a APPA. Hoje, cerca de 50 funcionários atuam na construção do viaduto com os equipamentos necessários para execução dos serviços contratados.

Os investimentos para a execução da melhoria é de mais de R$ 12,7 milhões com recursos do próprio porto. “Os usuários da via terão o benefício de não ter mais o cruzamento do tráfego de quem vai em direção ao Porto de Paranaguá”, salientou a APPA.

A Administração dos Portos também prestou esclarecimentos sobre a situação das famílias que residem nas proximidades da rotatória do km 5 na BR-277, onde está sendo construída a estrutura. “Quanto às pessoas que residem nas imediações do viaduto, não tem influência na obra. A concessionária que administra a BR-277 que tem o poder de legislar sobre essa questão e tomar as devidas providências sobre este assunto”, destacou a APPA.

NOVAS OBRAS

A APPA ainda prevê outras obras para beneficiar o fluxo de veículos na cidade. Uma delas já está em execução, a revitalização da Avenida Bento Rocha, entre a ponte do Rio Emboguaçu até a interseção com a Avenida Portuária, com investimento R$ 15,9 milhões. A via em questão possui um tráfego intenso de caminhões que descarregam no porto e será totalmente reformada com nova iluminação, sinalização e recuperação de pavimento, além de uma nova ciclovia.

Também há a intenção de melhorar a Avenida Ayrton Senna, que é de responsabilidade do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT). Mas, para isso, ainda é preciso elaborar um projeto de execução. Além disso, ainda há projetos de construção de quatro novas trincheiras na BR-277. “Quanto à APPA realizar outras obras, depende da aprovação da ANTAQ (Agência Nacional de Transportes Aquaviários), DNIT e SNP (Secretaria Nacional dos Portos)”, concluiu a APPA.

Colunistas