Connect with us

Infraestrutura

Secretário Nacional visita Portos do Paraná

Estado foi o primeiro a receber a nova equipe da Secretaria Nacional.
Foto: Claudio Neves/APPA

Publicado

em

O secretário Nacional dos Portos, Diogo Piloni, esteve na quinta-feira, 7, em Paranaguá, para conhecer a estrutura física e o planejamento de obras e ações para os próximos anos. Acompanhado da equipe da Secretaria Nacional dos Portos (SNP), órgão vinculado ao Ministério da Infraestrutura, responsável pela gestão dos complexos marítimos brasileiros, Paranaguá foi o primeiro porto brasileiro a ser visitado. 

“O pedido do Paraná está sendo avaliado, mas está alinhado com nossa ideia de descentralização de poder e autonomia na gestão”, explica Piloni

A visita é importante para o processo de delegação de competências, já que o Governo do Paraná protocolou no último mês um pedido para que o Ministério dê maior autonomia para a gestão local e descentralize algumas atribuições. 
Diogo Piloni explicou que a solicitação já está sendo analisada. “O pedido do Paraná está sendo avaliado, mas está alinhado com nossa ideia de descentralização de poder e autonomia na gestão. As administrações portuárias estão mais perto dos problemas e das necessidades específicas de cada local, além de ter contato próximo com potenciais investidores”, destaca. 
A possibilidade de delegação considera a portaria 574, publicada em 26 de dezembro de 2018, pelo antigo Ministério dos Transportes. O índice de Gestão da Autoridade Portuária (IGAP) mede 15 indicadores diferentes de desempenho, que podem ser usados para atestar a capacidade de gerência dos portos. “São indicadores financeiros, contábeis, de transparência administrativa, regularidade tributária e trabalhista, além da manutenção dos acessos aquaviários”, completou. 

Foto: Claudio Neves/APPA

Segundo o secretário nacional, uma nota superior a 6 pontos pode passar para as administrações o direito de elaborar editais, realizar licitações para o arrendamento de terminais e fiscalizar a execução dos contratos. Uma nota acima de 8 pontos permite ainda fazer o reequilíbrio econômico dos contratos, negociar prorrogações antecipadas mediante novos investimentos e deliberar sobre expansão da área arrendada. A expectativa paranaense é receber uma nota acima de 9,5 pontos. 

Secretário de Infraestrutura e Logística do Paraná, Sandro Alex, adiantou que o governador Ratinho Júnior está tratando o tema como prioritário

O secretário de Infraestrutura e Logística do Paraná, Sandro Alex, acompanhou o grupo e adiantou que o governador Ratinho Júnior está tratando o tema como prioritário. “Nossa intenção é receber o anúncio de delegação a Paranaguá ainda no primeiro semestre deste ano, comprovando o alto nível técnico da administração paranaense”, revelou. 

Diretor-presidente dos Portos do Paraná, Luiz Fernando Garcia, enfatiza que o relacionamento com o Governo Federal deve ser marcado pela confiança e trabalho em conjunto

ARRENDAMENTOS

O grupo discutiu, ainda, o programa de arrendamentos de duas áreas no Porto de Paranaguá, uma destinada à movimentação de carga geral, principalmente papel e celulose, e outra de carga ro-ro (veículos). O edital deve ser lançado em março. 
“Estas áreas foram ofertadas no ano passado e agora alguns termos foram revistos pelo Ministério da Infraestrutura. Também conversamos sobre o planejamento para 2019 e possíveis áreas que terão de ser licitadas”, explicou o diretor-presidente dos Portos do Paraná, Luiz Fernando Garcia. 

Foto: Claudio Neves/APPA

PARCERIA

Luiz Fernando Garcia destaca que o relacionamento com o Governo Federal deve ser marcado pela confiança e trabalho em conjunto. “Eu conheço bem a equipe da Secretaria Nacional de Portos e tenho convicção de que podemos, juntos, fazer um trabalho que gere crescimento para todo o setor produtivo brasileiro. Os Portos do Paraná têm localização geográfica estratégica e oferecem as melhores soluções de negócios para os mercados nacional e internacional”, enfatizou. 
“Paranaguá é destaque nacional e reconhecido como exemplo de boa gestão. Temos a convicção de que a nova administração contribuirá muito para que os Portos do Paraná continuem na vanguarda”, ressaltou Piloni. 

 

[videoyoutube]NYsVsNWYC90[/videoyoutube]

 

Local com informações da APPA

Continuar lendo
Publicidade

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.