Connect with us

Infraestrutura

Passarela da Ilha dos Valadares passa por serviços de concretagem

Obras fazem parte da revitalização da estrutura da Passarela Antônio José Sant’Anna Lobo Neto.

Publicado

em

Durante esta semana, a Prefeitura de Paranaguá, através da Secretaria Municipal de Obras Públicas (Semop), iniciou os serviços de concretagem do piso da passarela Antônio José Sant’Anna Lobo Neto, que liga a Ilha dos Valadares ao continente.

Durante alguns dias, a população parnanguara não podem utilizar uma parte da faixa, a qual está em obras. Segundo os cidadãos, a melhoria é bem-vinda e os transtornos causados por ela são necessários para que o acesso à Ilha dos Valadares seja melhorado. A benfeitoria faz parte da recuperação estrutural da passarela que está sendo realizada pelo município e deve ser entregue em 2019, contabilizando o piso e toda a estrutura, com foco na segurança e no urbanismo. 

“Solicitamos que a população não utilize a faixa que será concretada como medida de segurança para todos”, afirma o secretário municipal de Obras Públicas, Maikol Nascimento Amarante. De acordo com o gestor, bicicletas e motocicletas estão impedidas de trafegarem naquela faixa durante o período de sete dias, sendo que os serviços foram iniciados no último dia 30 de outubro. “Contamos com a colaboração e compreensão de todos”, completa, acrescentando que o local permanecerá com sinalização indicativa durante o período da execução das obras.

POPULAÇÃO APROVA CONCRETAGEM

Manoel Miranda, funcionário público aposentado, morador na Ilha dos Valadares, no bairro Sete de Setembro, ressalta que a concretagem da passarela é uma melhoria necessária, visto que o piso da estrutura estava deteriorado. “Fica melhor para o povo passar, visto que precisamos diariamente atravessar da ilha para a cidade ou vice-versa. O transtorno acontece porque está em conserto, o povo tem que entender isso, se acontece na casa da gente, por que não vai acontecer nesta estrutura que a gente usa?”, destaca, ressaltando a necessidade de compreensão por parte da população para que melhorias sejam feitas no contexto insulano. 

“Tudo que vem para nosso benefício é bom, que seja bem-vindo, porque é o que nós esperamos para nosso lugar”, acrescenta Juscelino A. Coelho, mestre de obras, morador na Vila Bela que reside desde 1987 na Ilha dos Valadares, afirmando que a localidade no passado sofria com a questão de esgoto, água potável, coleta de lixo e viária, porém a realidade hoje é diferente e positiva. “Ainda precisa melhorar mais, mas já ajuda bastante”, explica. Ressaltando que ele atuou na construção da passarela como carpinteiro nos anos 80, inclusive batendo estaca, ele afirmou que acompanhou toda a evolução da construção durante as últimas décadas. “Tudo para ser bem feito precisa de um transtorno. Tem que ter sacrifício para ter melhoria para todos. Melhorou 100% para o pessoal que mora aqui, em vista do que passávamos antigamente”, acrescenta. 

Continuar lendo
Publicidade

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.