Connect with us

Educação

Professora revela temas que podem cair no Enem

Provas acontecem neste ano em dois dias, 4 e 11 de novembro.

Publicado

em

Os estudantes que farão a prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) têm menos de dois meses para se preparar para esta que pode ser a chance de ingressar na universidade. As provas são divididas em dois dias e acontecem nos dias 4 e 11 de novembro. Os locais de prova serão divulgados em outubro, em data ainda não definida.

A recomendação da professora de Biologia, Emilye Ribeiro Silva Smolarek, é para reforçar o conhecimento que já foi aprendido e tentar absorver mais informações até o dia da prova. “Os estudantes precisam encontrar tempo para as duas coisas, para reforçar os conteúdos e ficar de olho nas notícias. Sempre pegamos provas anteriores na escola, utilizamos questões do Enem e de universidades, meu conteúdo é basicamente voltado para isso. A Biologia tem muito conteúdo, então aconselho pegar os tópicos e treinar com os exercícios, é muita prática para na hora da prova não se deparar com temas que nunca viu”, disse a professora.

Emilye afirmou que relacionado à área de Biologia, a prova sempre traz temas pertinentes como transgênicos e biotecnologia. “Teorias evolucionistas também caem bastante, genética, toda parte de vírus, bactérias e protozoários. Também sempre aparece o comparativo entre criacionismo e teorias evolucionistas”, comentou a professora.

Com o período eleitoral ocorrendo neste ano, as eleições podem estar incluídas em diversas questões. Para isso, é importante que os estudantes fiquem atentos a temas da atualidade, acompanhando jornais e sites de notícias. “Os assuntos atuais caem na prova, corrupção, por exemplo. É importante que os alunos saibam o que está acontecendo, com as redes sociais, eles conseguem interagir e participar mais”, ponderou a professora.

TEMA DA REDAÇÃO

O tema da redação do Enem no ano passado foi “Desafios para a formação educacional de surdos no Brasil”, contexto que surpreendeu professores e alunos. Já em 2016, o Enem propôs o tema “Caminhos para combater a intolerância religiosa no Brasil”. Portanto, a escolha neste ano pode ser tanto por um assunto que esteja em alta no momento, como por outro que instigue os estudantes a buscar referências fora do cotidiano para expor suas ideias.

“É preciso estar atualizado e bem informado, uma forma de fazer isso é ler jornais, fazer pesquisas e utilizar os recursos da Internet, que tem ampla diversidade de informação. Muitos estudantes não têm o costume de acompanhar as notícias e isso pode atrapalhar”, orientou a professora.

Plataformas de educação apostam nos temas de sustentabilidade e reciclagem, envelhecimento da população, atualização e profissões do futuro, fake news, mobilidade urbana e doenças erradicadas e vacinas.

Continuar lendo
Publicidade

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.