conecte-se conosco

Educação

Escolas do litoral do Paraná recebem recurso para reforma e manutenção

Programa Escola 1000 já possui 900 obras iniciadas ou concluídas no Estado

Publicado

em

Nesta semana, o Governo do Estado do Paraná anunciou uma nova fase do Programa Escola 1000, que beneficia com obras de reparo e manutenção unidades escolares que há anos não recebiam intervenções. Desta vez, mais escolas do litoral do Paraná serão contempladas com o recurso de R$ 100 mil. A iniciativa foi criada em 2016, para acelerar a revitalização das escolas estaduais e já conta com 900 obras iniciadas ou concluídas.

No litoral, as escolas beneficiadas com o recurso serão, em Paranaguá, os colégios estaduais Alberto Gomes Veiga, Dr. Arthur Miranda Ramos, José Bonifácio, Cidália Rebello Gomes, Bento Munhoz da Rocha e Centro de Educação de Jovens e Adultos. Em Matinhos, as unidades contempladas serão Colégio Estadual Tereza Ramos e Escola Estadual Professora Abigail dos Santos Correa. Em Guaratuba, o Colégio Estadual Anibal Khury Neto também receberá obras de manutenção.

Janelas da frente do Colégio Estadual José Bonifácio foram prejudicadas com a ação do tempo e receberão manutenção

 

Por meio de audiências públicas com pais de alunos, professores e funcionários, outras escolas que já receberam o recurso fizeram reformas em quadras esportivas, banheiros, serviços de pintura, reparos nas redes elétrica e hidráulica, calçamento, troca de telhados e forros, entre outras.

A chefe do Núcleo Regional de Educação, Selma Camargo Meira, afirmou que estas são as últimas escolas que restaram para receber os recursos do Programa Escola 1000.

“As obras já podem começar nos próximos dias. As empresas licitadas já receberam a ordem de serviço. O recurso vem em um momento muito bom porque havia escolas que passaram muito tempo sem reforma. Antigamente, o fundo rotativo de R$ 15 mil para uma escola é muito pouco e a ampliação do fundo veio a solucionar problemas como telhados e pintura que estavam muito prejudicados, trazendo um ambiente novo para as pessoas se sentirem pertencentes e também cuidarem do espaço, que é de fundamental importância”, disse Selma.

Colégio Estadual conta com 20 salas de aula, cerca de 1.200 alunos e já possui 81 anos de história

 

A vice-diretora do Colégio Estadual José Bonifácio, Rosana Figueiredo Ramirez, afirmou que o prédio é histórico e o recurso será aplicado em reparos urgentes no piso e janelas de algumas salas de aula. “Vamos utilizar para reforma das salas da frente do colégio, que estão com os pisos soltos e janelas que estão podres devido à umidade. A estrutura do prédio foi muito bem feita, mas temos um espaço muito grande”, considerou a vice-diretora.

O Colégio Estadual conta com 20 salas de aula, cerca de 1.200 alunos e já possui 81 anos de história, sendo um dos mais tradicionais de Paranaguá. “O recurso do Programa Escola 1000 vai ajudar bastante nas obras de manutenção do colégio”, salientou Rosana.
 

Continuar lendo
Publicidade

Em alta