conecte-se conosco

Religiosidade

Reitor do Santuário do Rocio faz balanço positivo da Festa da Padroeira do Paraná 2023

“Meu espírito se alegra em Deus” foi o tema da festa deste ano

Publicado

em

Foto: Santuário do Rocio

A 210.ª Festa Estadual de Nossa Senhora do Rocio aconteceu de 4 a 19 de novembro, em Paranaguá e reuniu milhares de fiéis ao longo dos dias de programação da festividade religiosa. Considerado o maior evento religioso do Sul do Brasil, a Festa da Padroeira do Paraná teve como tema principal: “Meu espírito se alegra em Deus” (Lc. 1,47).

O Santuário do Rocio realizou uma programação completa, com celebrações religiosas e a parte social em seus formatos tradicionais com procissões, parque de diversão, barracas do Mercado Persa e shows com apresentações de artistas locais, regionais e nacionais.

O novenário aconteceu de 6 a 14 de novembro. (Foto: Santuário do Rocio)

O Missionário Redentorista, padre Dirson Gonçalves, Reitor do Santuário do Rocio, fez um balanço da festa deste ano. “Quero expressar meus sinceros agradecimentos após terminarmos toda a programação religiosa da 210.ª Festa Estadual de Nossa Senhora do Rocio. Estou muito feliz com tudo que aconteceu. Foi uma das maiores edições da festa da padroeira do Paraná que já tivemos. Estivemos em 16 Missionários Redentoristas desde o dia 5 até dia 16 de novembro. Nesse período foram visitados 368 lugares: empresas, escolas, estabelecimentos comerciais, Prefeitura Municipal, Secretarias, Portos do Paraná. Em cada visita, dezenas de pessoas se reuniam para a celebração. Foi um tempo de missão em toda a cidade de Paranaguá. Esse número é recorde e supera as 320 visitas de 2022”, frisou o padre.

Este ano, o novenário aconteceu de 6 a 14 de novembro, nos seguintes horários: 6h, 9h, 12h, 14h, 16h e 19h. Todos puderam participar das celebrações também através do canal no YouTube ou na página no Facebook do Santuário do Rocio. Além da exibição em tempo real dos dois horários do novenário (às 6h e às 19h), o programa “Diário do Rocio” apresentado pelo padre Dirson Gonçalves foi transmitido ao vivo, diretamente do estúdio preparado para os dias de festa.

“Nos seis horários diários de celebração (6h, 9h, 12h, 14h, 16h e 19h), o santuário sempre estava cheio, sendo necessária a colocação externa de telão e tenda. Isso nos aproxima de 300 mil pessoas passando pelo santuário nos 12 dias de celebrações de missas e novenas. Somente no dia 15, a Guarda Municipal registrou a presença de 248 ônibus de romeiros das mais diversas localidades do Paraná e de outros estados”, relatou o padre Dirson Gonçalves.

Cerca de 100 mil devotos de Paranaguá, de outras cidades do Paraná e de outros Estados participaram da Procissão Solene. (Foto: Santuário do Rocio)

Este ano, a Festa do Rocio contou com todas as tradicionais procissões previstas no calendário: cavalgada, motorizada, moto romaria, marítima, ciclística e a grandiosa Procissão Solene que aconteceu no dia 15 de novembro. Houve também a procissão luminosa de retorno, que saiu da Catedral Diocesana para o Santuário do Rocio, no dia 16 de novembro, encerrando a festa de 2023. “Todas as procissões tiveram aumento do número de participantes: cavalgada, moto romaria, procissão ciclística, procissão marítima e procissão motorizada. Em todas as ocasiões grande número de participantes, sempre superando a edição anterior. As procissões do dia 15 e do dia 16 também foram superiores. Aproximadamente 100 mil pessoas na procissão solene até a Catedral e, aproximadamente 50 mil na procissão luminosa do retorno, na quinta-feira, dia 16. Uma novidade desse dia foi o show com o cantor católico Thiago Brado, na chegada ao santuário”, destacou o padre Dirson Gonçalves.

As celebrações religiosas e a parte social ocorreram no formato tradicional com procissões, parque de diversão, barracas do Mercado Persa e shows com apresentações de artistas locais, regionais e nacionais. (Foto: Santuário do Rocio)

Segundo o padre Dirson, a 210.ª Festa Estadual de Nossa Senhora do Rocio contou com a cobertura de todos os meios de comunicação da cidade de Paranaguá, além da mídia estadual. “Em termos de comunicação, essa festa foi muito mais organizada e ampliada, tendo cobertura de todos os meios de comunicação da cidade de Paranaguá (blogs, jornais, sites, rádios e TVCI), além da cobertura da mídia estadual, em seus diversos meios. Nossas transmissões foram vistas por milhares de pessoas por todo o Brasil. Tivemos a cobertura e a participação em programas, além de transmissão de missas pelos três principais canais de televisão católicos do Brasil: TV Aparecida, TV Pai Eterno e TV Evangelizar”, disse.

“A Festa de Nossa Senhora do Rocio, Rainha e Padroeira do Paraná, se confirma como uma das maiores festas religiosas do Brasil. Com os meios de comunicação do santuário e a parceria com os outros meios a festa se tornou nacional, à medida que é vista por pessoas de todas as regiões do País. A tendência, e a intenção da administração do santuário é exatamente essa: nacionalizar a festa e, principalmente, a devoção a esse título de Nossa Senhora que é tão especial e único. Não existe outro santuário do Rocio no Brasil. Isso nos dá uma exclusividade muito especial e atrai para Paranaguá todas as atenções quando se fala de festa religiosa, devoção, peregrinação e turismo religioso”, completou.

De acordo com a organização do santuário, a Festa do Rocio movimentou a economia da cidade. Hotéis, restaurantes, transporte urbano (táxi, carros por aplicativos) e outros setores. Somente no santuário foram contratados temporários mais de 80 pessoas: segurança, limpeza, loja, serviços gerais, comunicação, estacionamento. A festa gera empregos temporários. As vendas da Promoção de Prêmios geram receitas para os vendedores associados.

O reitor do Santuário do Rocio, padre Dirson Gonçalves, parabenizou todas as pessoas que estiveram envolvidas nos dias de festa. “Agradeço a todas as pessoas, empresas, organizações religiosas, civis e militares que nos apoiaram na realização desse grande evento. Mas de modo muito especial nosso agradecimento vai para a Prefeitura Municipal de Paranaguá, através do Prefeito Marcelo Roque, que colocou toda a estrutura das secretarias para apoiar e festa estadual. Todos nós ganhamos com essa festa: a cidade, a igreja, a cultura, a religiosidade de um povo que fortalece a sua fé, melhora a autoestima e se torna mais feliz, à medida que participa de momentos de encontro, partilha, alegria e fraternidade. No final da festa, era visível a alegria estampada no rosto de crianças, jovens, adultos e idosos. Nosso povo está revigorado. Deus seja louvado por tudo isso. Meu abraço agradecido a todos”, finalizou o padre.

Em 2014, a festa foi incluída através de lei no calendário oficial de eventos do Estado do Paraná e consta na relação das maiores festas religiosas do País.

plugins premium WordPress