Connect with us

Portos do Paraná

Portos de Paranaguá e Antonina seguem operantes

As medidas de prevenção adotadas pelos portos paranaenses são destaque e têm servido de modelo para outros setores no Brasil

Publicado

em

Os Portos de Paranaguá e Antonina vão manter as operações. A atividade portuária é considerada essencial e não é afetada pelo Decreto Estadual  5.041, que inclui a 1.ª Regional de Saúde nas medidas mais restritivas de combate ao Coronavírus.

A medida assinada pelo governador Ratinho Júnior na última segunda-feira (6) determina que atividades consideradas não essenciais sejam suspensas por 14 dias, nas cidades de Matinhos, Paranaguá, Morretes, Antonina, Guaraqueçaba, Guaratuba e Pontal do Paraná.

Segundo o diretor-presidente da Portos do Paraná, Luiz Fernando Garcia, os cuidados com os trabalhadores e caminhoneiros foram reforçados e incluem aferição de temperatura no cais, silos e pátio de triagem, atendimento médico 24 horas para triagem inicial de casos suspeitos, desinfecção diária dos prédios públicos e disponibilidade de álcool em gel e estações de higiene.

“As operações seguirão de forma regular. São através dos portos que chegam medicamentos, insumos hospitalares e equipamentos médicos. Da mesma forma, são pelos portos que são escoados os alimentos produzidos nos campos, o que implica em um papel importante da atividade portuária para a economia estadual e nacional”, destaca.

As medidas de prevenção adotadas pelos portos paranaenses são destaque e têm servido de modelo para outros setores no Brasil. A comunidade portuária emprega mais de 44 mil trabalhadores diretos e indiretos, sendo responsável por grande parte da geração de emprego e renda no Litoral.

Portos do Paraná