conecte-se conosco

Portos do Paraná

Aprovados em concurso estão totalmente integrados ao quadro da Portos do Paraná

Empresa pública reforça a equipe com aprovados nos concursos de 2017 e 2016

Publicado

em

Foto: Portos do Paraná

A Portos do Paraná encerra na sexta-feira, 4, a integração de 24 convocados dos concursos públicos de 2017 e 2016. Eles preenchem as vagas em aberto e reforçam a equipe em funções de técnicos, agentes e analistas portuários. 

“A atividade portuária é complexa, então programamos uma semana para que os novos empregados possam conhecer os diferentes setores e os principais desafios da empresa pública”, contou o diretor-presidente Luiz Fernando Garcia.

As ações incluíram palestras, apresentações e debates, reunindo os 13 novos convocados e outros 11 aprovados que, em razão da pandemia, não puderam participar de eventos de boas-vindas. “A integração é uma forma de apresentar os principais aspectos da empresa para que todos possam iniciar o trabalho com uma visão mais ampla sabendo que são parte de um grande grupo de trabalho”, explica Melissa de Paula, gerente de Gestão de Pessoas.

Como o concurso teve o prazo congelado em razão da pandemia, muitos dos novos portuários receberam com surpresa e alegria o e-mail ou telefonema da empresa. “Não esperava, fiquei muito feliz. Já fui estagiária no porto e tenho muito orgulho de fazer parte desta história”, revelou a nova agente portuária Cinthia Maria Leal da Rocha.

O técnico portuário Maurício Porrua Júnior também retornou depois de um estágio. “Fui estagiário em 2010 e queria muito voltar. Ser chamado foi uma felicidade porque a gente sonha com a estabilidade”, destacou

Novos técnicos, agentes e analistas portuários passaram por atividades para conhecer os diversos setores da empresa e os principais desafios (Foto: Portos do Paraná)

Foram quatro dias de muito aprendizado sobre a missão da Portos do Paraná, a importância de cada área e os primeiros contatos com dirigentes, gerentes, coordenadores e, também, com o ambiente de trabalho. Até mesmo o vocabulário portuário é novo para muitos. Palavras como berço, poligonal, cabeço, calado, prancha, terno, estiva, faina, entre outras, passam a fazer parte do dia a dia.  

As questões foram abordadas pela psicóloga Carla Slongo, que falou a todos sobre a importância dessa integração. Quando a gente é acolhida, a nossa produtividade, nosso rendimento tende a ser melhor. A integração ajuda a criar esse sentimento de pertencimento e esse momento é importante para que eles se sintam efetivamente funcionários”, destacou.

Fonte: AEN/Portos do Paraná