Connect with us

Política

Vereador mais votado de Paranaguá destaca importância do Legislativo para a sociedade

“A eleição não pode ser um evento que venha trazer qualquer tipo de ruptura entre as pessoas, não pode trazer mágoa e sentimentos negativos”, afirma Leite

Publicado

em

Vereador mais votado de Paranaguá destaca importância do Legislativo para a sociedade

Waldir Leite destacou que número de votos se deve a seu compromisso com bairros periféricos

Com 2.101 votos nas eleições de 2020, o vereador reeleito Waldir Leite, atualmente presidente da Câmara de Vereadores, concedeu entrevista à Folha do Litoral News durante esta semana. Leite fez um balanço positivo da sua atuação na Casa de Leis no último mandato e expectativa para fazer ainda mais nos próximos quatro anos, destacando sua gratidão ao número de votos recebidos, que possui relação com as melhorias e compromisso que sua gestão possui com os bairros periféricos. O vereador reforçou a importância do Legislativo para a sociedade parnanguara, bem como explicou como está sendo o diálogo da Câmara com a nova bancada de vereadores eleitos.

“Com relação aos últimos quatro anos, como vereador conseguimos, através de uma boa articulação, levar muitas obras, serviços e muitas conquistas para os bairros de Paranaguá, até porque onde eu tenho uma atuação mais forte é na periferia, digamos assim. Posso dizer que a gente conseguiu bons resultados no Jardim Esperança, Jardim Jacarandá, Ouro Fino, Porto Seguro, conseguimos melhorar o que já era bom no caso da Vila São Carlos, Vila do Povo e Vila Primavera. Então, eu vejo que o grande papel do vereador é escutar as demandas da população, é tentar junto ao município conversar e articular para que as soluções cheguem às pessoas e a qualidade de vida melhore”, relata Leite.

Sobre sua gestão como presidente, Leite destacou a importância e responsabilidade da função para funcionamento administrativo e legislativo da Câmara, algo que demanda tempo e esforço. “Acredito que quando chegamos aqui conseguimos pacificar e ordenar as sessões, de modo que elas ficaram mais serenas, equilibradas, isso que tentamos fazer durante todo o mandato”, explica. O vereador destacou avanços como a reforma do Palácio Carijó, sede do Legislativo, para acomodar melhor os cidadãos que vêm à Casa, assim como foram contratados intérpretes de Libras com foco na inclusão. 

“Pela primeira vez fizemos convênio na Câmara para contratar estagiários, gerando um novo mercado aos estagiários do município. No geral, acredito que não comprometemos em nada, procuramos sempre ter um bom relacionamento com todo o quadro de funcionários”, explica Waldir Leite. 

Palácio Visconde de Nácar

Um dos edifícios históricos mais conhecidos e importantes de Paranaguá é o Palácio Visconde de Nácar, cuja propriedade é da Câmara. A edificação ficou durante muitos anos sem reformas e deteriorada, algo que gerou necessidade de resposta da atual presidência. “Nossa meta que já vem sendo tentada a consolidação há algum tempo é conseguir colocar no mercado uma licitação para que seja definida a questão do projeto executivo do Palácio Visconde de Nácar, bem como a contratação de vigilância para que aquele patrimônio, responsabilidade da Câmara, possa ser cuidado da maneira que merece pela história que possui”, complementa. 

Mais votado nas eleições de 2020

Leite destacou que o fato de ter sido o mais votado em 2020 no pleito gerou a ele muita satisfação e alegria, mas também reforçou a sua responsabilidade diante do município. “Quero continuar trabalhando muito para atender os anseios da população. Todas as eleições que eu disputei, cinco ao todo, dentre as cinco eu obtive a maior votação em três delas, sendo uma delas a maior votação da história de Paranaguá. Então não me causou tanta surpresa, porque eu sei o meu dia a dia, o meu esforço, o meu trabalho para atender as demandas que chegam a mim”, explica.

“É um reconhecimento de grande parte das pessoas pelo trabalho que realizamos ao longo da vida e do último mandato”, salienta. De acordo com o legislador, a demora de horas na apuração do pleito no domingo, 15, gerou uma expectativa, entretanto ele já estava seguro de que teria um bom reconhecimento nas urnas. “Às 17h, quando as eleições findam, nas portas das seções eleitorais ficam as fitas com o resultado das votações. Então, nós já tínhamos uma apuração paralela que nos dava uma boa votação, o que não era com exatidão, visto que não conseguimos apurar isso paralelamente em todas as seções”, explica.

“Em determinada hora eu já sabia que tinha feito uma boa votação e o meu irmão, Júnior Leite, também tinha ido bem nas urnas”, destaca. “Ficamos muito felizes, não só com o meu resultado, como também como o do Júnior e com o da Prefeitura de Paranaguá, com a vitória do prefeito Marcelo Roque”, acrescenta Leite. 

Novos vereadores

De acordo com o presidente, com relação aos novos vereadores eleitos, ele afirma que quando uma pessoa concorre à Câmara ela já possui uma ideia de como será sua atuação na Casa de Leis. “Não tive oportunidade até este momento de conversar com todos, mas já conversei com a maioria deles, até para parabenizá-los. Tenho certeza de que todos que estão chegando querem o melhor para Paranaguá. Desta forma, eu não tenho nenhuma preocupação com esta transição. As pessoas assumem no dia 1.º de janeiro, tem um prazo de recesso em que elas podem se adaptar com relação ao Regimento Interno, Lei Orgânica e funcionamento administrativo do Legislativo e Executivo”, explica.

“Teremos uma renovação grande, mas com o mesmo espírito de deixar Paranaguá melhor e oferecer uma qualidade de vida à população”, salienta.

Fiscalização e relação com o Executivo nos últimos anos

“Ficamos muito felizes, não só com o meu resultado, como também com o do Júnior Leite e com o da Prefeitura de Paranaguá, com a vitória do prefeito Marcelo Roque”, disse o vereador Waldir Leite

Leite reforça que o papel do vereador é fiscalizar, mas que isso também é uma atividade que pode ser exercida pelo cidadão por meio dos portais da transparência oferecidos por todos os órgãos públicos. “Não existe nenhum tipo de obscuridade, pois se o cidadão não conseguir obter a informação por meio da Câmara, ele tem o direito de buscar a informação de maneira direta através de sites, ofícios, documentos e todo e qualquer gestor não pode negar, em nenhum momento, qualquer tipo de transparência. O que é público é público, não pode ter segredo”, afirma, destacando que a Câmara, nos últimos anos, tem atuado na fiscalização. “Vejo que esta Câmara Municipal ajudou na fiscalização, em alertar alguma coisa sobre algum erro operacional ou administrativo, sendo que todos eles foram sanados ao seu tempo”, completa.

“A Câmara foi muito responsável e equilibrada ao aprovar diversos projetos de Lei, os mais polêmicos deles, quando na questão orçamentária, em alterações ou suplementações orçamentárias, e também quando na aprovação de financiamentos junto à Caixa Econômica e Banco do Brasil. Deixo claro que se não fossem esses financiamentos, como lá atrás teve o do BID, depois da Caixa, que foram R$ 60 milhões e mais R$ 80 milhões do Banco do Brasil, todo este conjunto de obras que foram realizadas na cidade em reformas de escolas e prédios públicos, vinda do Erasto Gaertner, quase 100 quilômetros de malha viária pavimentada com qualidade, calçada e drenagem, isso não seria possível com orçamento próprio do município”, ressalta Leite.

De acordo com o vereador, as ações do Legislativo foram positivas, equilibradas e responsáveis com as questões orçamentárias do Executivo. “Foi prestado um bom serviço para que a cidade tivesse todos esses avanços através da diretriz e vontade do prefeito Marcelo Roque”, explica.

Participação popular no Legislativo

O presidente afirmou que as sessões legislativas realizadas duas vezes durante a semana e transmitidas pela Internet são uma boa oportunidade de o cidadão analisar a atuação dos legisladores. “Assim que retornem as sessões presenciais temos um auditório para mais de 200 pessoas, onde todos podem vir acompanhar e ver tudo que é votado e falado”, complementa.

“Os vereadores não trabalham só durante as sessões, durante todo o dia você tem que analisar os projetos que chegam, é necessário estar nos bairros escutando as demandas da população, bem como ir a audiências públicas, Prefeitura para saber como estão os processos, onde se buscam soluções para os problemas nos bairros. O trabalho não para, mesmo em fins de semana, onde você está na comunidade, você está lá como ouvinte, participando de atividades comunitárias, mas permite que a população cobre e sugira melhorias”, acrescenta.

Expectativa para os próximos anos

“Sou presidente até o dia 31 de dezembro, a partir do dia 1.º, a Câmara se reúne para eleger um novo presidente, que poderá vir a ser eu ou não. Isso não vai mudar minha forma de agir, pois mesmo eu sendo presidente eu continuo sendo vereador e continuo atuando da mesma forma, só que com uma responsabilidade maior na Casa. A expectativa é continuarmos no mesmo ritmo que a cidade estava vindo”, salienta o legislador.

De acordo com Leite, há a possibilidade de dificuldades econômicas devido à pandemia e possíveis cortes de auxílios da União. “Acredito que teremos algumas dificuldades no campo econômico em virtude das imposições nacionais negativas que todas as cidades passarão a ter a partir do momento em que o Governo Federal deixe de subsidiar esses auxílios que vêm dando à população. Acredito que o impacto deverá ser muito forte, todas as cidades terão diminuição da arrecadação e nós teremos que ter habilidade, harmonia e seriedade para que o Poder Público possa intervir e suavizar, amenizar o sofrimento das pessoas, principalmente as mais carentes”, afirma. 

Mensagem à população

Leite reforçou que, encerrada a eleição, é hora de os eleitos esquecerem questões partidárias e focarem na melhoria de qualidade de vida da população e desenvolvimento de Paranaguá. “Quero agradecer a todas as pessoas que fizeram parte deste processo político que enriquece a nossa democracia. Havia 10 candidatos ao Executivo, mas a partir do momento da eleição o prefeito eleito, que foi o Marcelo Roque, passa a ser o prefeito de todos os parnanguaras e é desta forma que tem que ser. A eleição não pode ser um evento que venha trazer qualquer tipo de ruptura entre as pessoas, não pode trazer mágoa e sentimentos negativos”, explica.

“A população deve ser constantemente crítica com relação ao nosso mandato. As pessoas que votaram em mim no dia 15 de novembro podem ter a certeza de que continuarei com o mesmo caráter de lealdade, consideração, educação e franqueza. Temos que enriquecer o caráter com coisas boas”, finaliza Waldir Leite, destacando a necessidade de ser positivo continuamente em prol do melhor pela população. 

Leia também: Primeira vereadora surda na história de Paranaguá reforça luta pela inclusão