conecte-se conosco

Política

TSE confirma registro de candidatura do prefeito Marcelo Roque

Recurso pedindo indeferimento do registro da candidatura foi improvido pelos ministros do TSE, reforçando a reeleição já consolidada pelo voto de Marcelo Roque em Paranaguá

Publicado

em

Na sexta-feira, 30, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), indeferiu recurso impetrado pelo candidato derrotado no pleito majoritário de 2020 em Paranaguá, Aramis Nascimento, contra o prefeito Marcelo Roque (Podemos), vencedor das eleições municipais de Paranaguá para o Executivo em 2020, confirmando o registro de candidatura de Roque e, consequentemente, sua vitória no pleito consolidada com a maioria dos votos dos eleitores do município.

O recurso afirmava que Marcelo Roque estaria assumindo o terceiro mandato consecutivo de um mesmo grupo familiar, algo que foi negado em decisões não somente do TSE em 2021, como também do Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE-PR) em 2020.

“O Tribunal Superior Eleitoral confirmou nossa candidatura como legítima na noite desta terça-feira, 30. Nossa reeleição foi autenticada por mais de 50% dos votos pela nossa população, e posso garantir, que o nosso trabalho pelo desenvolvimento da nossa Paranaguá não vai parar. Aos meus adversários, espero que se contentem, e principalmente, me deixem trabalhar”, afirmou o prefeito Marcelo Roque em suas redes sociais.

“Nossa reeleição foi autenticada por mais de 50% dos votos pela nossa população, e posso garantir, que o nosso trabalho pelo desenvolvimento da nossa Paranaguá não vai parar”, afirma Roque – Foto: Secom/PMP

Segundo Roque, os projetos em prol da população parnanguara estão em andamento pela atual gestão e que o foco é trazer aquilo que o cidadão merece. “Nossa credibilidade tem credenciado muitas benfeitorias, inclusive com apoios importantes. Nunca foi sorte, sempre foi Deus! Agradeço a Ele por todas as vitórias na minha vida, a minha família e a população de Paranaguá que nos credenciou a estar frente à Prefeitura. O trabalho não para!”, finaliza o prefeito.

Sobre a decisão

Na pauta divulgada pelo TSE, foi destacado que na sessão jurisdicional os ministros decidiriam sobre o recurso, que, de acordo com o que foi informado por Roque, foi indeferido nesta terça-feira, 30, reforçando a legalidade da sua candidatura. Mais informações sobre a decisão deverão ser divulgadas pelo Tribunal Superior Eleitoral na quarta-feira, 1.º.

“Ao julgar o caso, o Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE-PR) julgou improcedentes as Ações de Impugnação ao Registro de Candidatura, deferiu o registro de Roque ao cargo e excluiu a multa aplicada pelo juiz de primeira instância. Em agosto, o julgamento no TSE, que se dava de forma virtual, foi interrompido depois de um pedido de vista do ministro Alexandre de Moraes. O relator, ministro Sérgio Banhos, já havia votado no sentido de negar provimento ao recurso”, informou o TSE, destacando as decisões anteriores que já reforçavam a validade do registro de candidatura de Marcelo Roque.

Com informações do TSE