conecte-se conosco

Polícia

MADRUGADA SANGRENTA NA VILA GUARANI; Um morto e dois baleados em atentado a tiros que teve mais de 40 disparos

O atentado a tiros que tirou a vida de Anderson Chagas dos Santos deixou outros dois homens feridos

Publicado

em

Um atentado a tiros registrado na madrugada desta quinta-feira, 31, por volta das 4h30, na Vila Guarani, em Paranaguá, tirou a vida de um rapaz, de 27 anos, e feriu outros dois indivíduos. Um deles, em estado grave.

De acordo com a Polícia Militar, moradores da região, que fica nas proximidades de um posto de saúde, acionaram a corporação para atender uma ocorrência de disparos de arma de fogo. Pelo menos 10 tiros foram ouvidos pelos solicitantes.

Ao chegar no endereço indicado, no cruzamento da Rua Tupiniquim com Eugênio José dos Santos, policiais e socorristas do SAMU – Serviço de Atendimento Móvel de Urgência, também acionados para atender possíveis vítimas, encontraram três homens baleados.

Os autores dos disparos, que estavam em um carro, cor prata, surpreenderam as vítimas na frente de uma bicicletaria

Anderson Chagas dos Santos, de 27 anos, atingido por vários tiros, não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

Caídos na calçada, na frente de uma bicicletaria, estavam Gabriel Borba, de 22 anos, alvejado em um dos braços, nas pernas e no abdômen, e Márcio Luiz do Carmo, de 48 anos, atingido nas pernas.

Os dois baleados foram encaminhados para a emergência do Hospital Regional.

IML

A área onde o atentado a tiros aconteceu ficou isolada pela polícia durante o atendimento das vítimas. Com a chegada da Criminalística, o local foi periciado e o corpo de Anderson recolhido ao IML – Instituto Médico Legal de Paranaguá, onde passou por exames complementares.

Durante a coleta de materiais e possíveis provas deixadas no local do crime, o perito responsável pelo procedimento recolheu 44 estojos de munição calibre 9mm.

CARRO

De acordo com testemunhas, os autores do atentado estavam em um carro, cor prata. Os suspeitos deixaram o local logo após o crime.

Policiais Civis conversaram com populares e já estão investigando o caso.

Um informação apurada durante o registro da ocorrência indicava que as vítimas não tinham indicativo criminal.

13.º HOMICÍDIO

Foi o 13.º homicídio registrado em Paranaguá, este ano. No litoral já ocorreram 26 assassinatos.