conecte-se conosco

Polícia

Identificado no IML corpo de mulher vítima de afogamento em Guaratuba

Maria Marta Badluk Berger, de 44 anos, morreu em uma área não protegida por Guarda Vidas do Corpo de Bombeiros. Ela estava desaparecida desde o dia 24 de fevereiro

Publicado

em

Foto: BPMOA

Na manhã desta segunda-feira, 28, familiares identificam no Instituto Médico Legal (IML) de Paranaguá o corpo da mulher que foi encontrado boiando na praia do Brejatuba, em Guaratuba.

Maria Marta Badluk Berger, de 44 anos, morreu afogada em uma área não protegida por Guarda Vidas do Corpo de Bombeiros. Ela estava desaparecida desde o dia 24 de fevereiro.

O marido da vítima esteve na sede do IML e realizou a liberação do corpo, que será transladado para a cidade de Irati, região sudeste do Estado, onde será feito o velório e sepultamento.

(Foto: BPMOA)

RELEMBRE O CASO

Frequentadores da praia do Brejatuba, no município de Guaratuba, avistaram no começo da manhã do dia 24 de fevereiro, o corpo de uma mulher boiando no mar.

A região onde o corpo apareceu fica perto de pedras e não é protegida por Guarda-Vidas do Corpo de Bombeiros.

Acionadas, equipes da corporação foram para o local indicado e conseguiram encontrar a vítima e realizar o resgate do corpo, que foi colocado em uma prancha de stand up e levado até a areia da praia.

Além das equipes que seguiram para a região pela praia, o helicóptero Falcão 04, do BPMOA, Batalhão de Polícia Militar de Operações Aéreas, com a tripulação médica a bordo, também foi acionado para prestar apoio a ocorrência.

Seguindo com os protocolos de atendimento para vítimas submersas, as equipes de resgate iniciaram os procedimentos de reanimação cardiopulmonar.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, no momento do resgate a vítima já apresentava um quadro de parada cardiorrespiratória, porém, sem saber o tempo que a mulher ficou submersa, as equipes seguiram com as manobras de reanimação.

Pouco tempo depois e sem resposta aos procedimentos, os socorristas decretaram o óbito da vítima.

Ainda segundo o Corpo de Bombeiros, nenhum familiar ou conhecido da vítima procurou as equipes durante o resgate e atendimento da ocorrência.

O corpo da vítima foi encaminhado para o IML de Paranaguá.