conecte-se conosco

Polícia

Foragido da Justiça escondia entorpecentes dentro de um fogão em Pontal do Paraná

Publicado

em

Foragido da Justiça escondia entorpecentes dentro de um fogão em Pontal do Paraná

Equipes da ROTAM – Rondas Ostensivas Tático Móvel, da Polícia Militar, prenderam na noite de terça-feira, 26, por volta das 20h, um homem foragido da Justiça. Contra ele havia um mandado de prisão pelo crime de homicídio. A prisão aconteceu durante uma abordagem de rotina, em um bar, no balneário de Ipanema, em Pontal do Paraná. Porções de entorpecentes e certa quantia em dinheiro trocado foram apreendidos durante a ação policial.

BAR

De acordo com a corporação, a viatura da ROTAM trafegava pela rodovia PR-412, estrada que liga os balneários de Pontal do Paraná, quando os policiais desconfiaram de alguns homens que estavam sentados em um bar. O grupo agiu de maneira suspeita ao perceber a aproximação da equipe.

Diante da situação, o estabelecimento comercial foi cercado e abordado.

Ao revistar um dos suspeitos, os policiais encontraram com Gilson Dalton Tomaz, de 23 anos, duas buchas de cocaína e certa quantia em dinheiro trocado.

Indagado sobre o entorpecente apreendido, Gilson confessou que estava comercializando as porções e que gerenciava o bar, onde a abordagem aconteceu.

No balcão do estabelecimento comercial, os policiais encontraram porções de crack e mais dinheiro. Ainda durante as buscas no interior do bar, as equipes encontraram outras buchas de cocaína escondidas em um aparelho de som. Dentro de um fogão, foram apreendidas 15 pedras de crack e escondidas em um enfeite de parede, outras 10 porções do entorpecente.

MANDADO

Ao identificar todos os abordados, através do sistema de informações da Secretaria Estadual de Segurança Pública, os policiais constataram que contra Gilson Dalton Tomaz havia um mandado de prisão em aberto pelo crime de homicídio qualificado.

Gilson recebeu voz de prisão e foi encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil de Pontal do Paraná, no balneário de Ipanema, onde ficou recolhido no setor de carceragem à disposição da Justiça.

Os outros homens que estavam no bar foram liberados no local.

Leia também: Ação conjunta identifica e prende suspeitos de duplo homicídio na Vila São Vicente