conecte-se conosco

Polícia

Dois suspeitos morrem em confronto armado com a PM na Ilha dos Valadares

Publicado

em

Um confronto armado envolvendo guarnições da Patrulha Costeira, da Polícia Militar, registrado na tarde desta sexta-feira, 2, na Ilha dos Valadares, em Paranaguá, terminou com dois suspeitos mortos. Duas armas de fogo e estojos de munições deflagradas foram apreendidas.

DENÚNCIAS

De acordo com a corporação, os militares realizavam diligências no bairro Vila Rocio por conta de informações recebidas sobre a autoria de um homicídio ocorrido na quinta-feira, 1.º, no bairro Vila Guarani, e também com relação a denúncias repassadas através do 181, Disque Denúncia da Secretaria Estadual da Segurança Pública sobre o tráfico de drogas na região do Complexo Esportivo.

Ao se aproximar de um imóvel indicado como ponto de venda de drogas, na Rua 33, os policiais encontraram um portão de madeira reforçado e trancado, e o local monitorado por câmeras.

Durante o procedimento de abordagem, as equipes perceberam que alguns indivíduos pularam o muro dos fundos do terreno e fugiram correndo.

Os suspeitos foram perseguidos e um deles foi abordado e preso. Claudio Matheus Costa Pires, de 27 anos, não portava nada de ilícito.

Neste momento, os policiais ouviram os primeiros disparos de arma de fogo e procuraram abrigo.

Os militares visualizaram dois suspeitos atravessando o Complexo Esportivo e seguindo na direção da beira mar. A dupla tentou se esconder entre ranchos de pescadores e um acesso a localidade conhecida como “Campo do Rocio”. Na tentativa de abordagem, houveram novos disparos e no revide Bruno Costa Pires, de 22 anos, e Pedro Renato da Silva, de 23 anos, foram alvejados e morreram no local.

Socorristas do SAMU – Serviço de Atendimento Móvel de Urgência foram acionados e constataram o óbito.

Ao lado dos corpos foram encontrados dois revólveres calibres .38 e várias munições deflagradas nos tambores.

A área onde o confronto aconteceu ficou isolada até a chegada da Criminalística e do IML – Instituto Médico Legal de Paranaguá. Após a perícia, os corpos foram recolhidos.

FAMILIARES

Familiares das vítimas estiveram no local e contestaram a versão apresentada pelas equipes policiais.

O caso será apurado através de um inquérito policial militar.

Em alta

plugins premium WordPress