conecte-se conosco

Polícia

Corpo de recém-nascido é encontrado dentro de uma sacola no aterro sanitário em Alexandra

Funcionários do aterro sanitário instalado na localidade do Rio das Pedras, no bairro de Alexandra, encontraram o corpo do recém-nascido

Publicado

em

O corpo de um recém-nascido foi encontrado no começo da noite desta sexta-feira, 11, por funcionários do aterro sanitário instalado na localidade do Rio das Pedras, no bairro de Alexandra, em Paranaguá.

De acordo com funcionários do aterro sanitário, o corpo do recém-nascido, do sexo masculino, estava dentro de uma sacola plástica.

A equipe responsável pela movimentação diária do material dispensado no local, desconfiou de um invólucro plástico que estava perto de alguns urubus. Ao se aproximar, eles perceberam que dentro da sacola estava o corpo de um recém-nascido.

As aves foram afastadas e o local isolado, até a chegada da perícia e do IML – Instituto Médico Legal.

Policiais militares e civis também foram acionados pela empresa responsável pelo aterro sanitário.

Periciado no local, o corpo que tinha algumas marcas de perfurações na cabeça e no peito, possivelmente provocadas pelo ataque de urubus e outros animais, foi encaminhado para o IML, onde vai passar por exames complementares.

Policiais civis de Paranaguá já estão investigando o caso.

Informações apuradas pelo nosso departamento de jornalismo indicam que o aterro sanitário em Alexandra recebe resíduos de municípios litorâneos e da região metropolitana da capital.