conecte-se conosco

Páscoa

“Refletir sobre as nossas vidas é tomá-las nas mãos e dizer: agora é tempo novo”, afirmou o padre Fábio Lima

Pároco da igreja Nossa Senhora da Paz propõe uma reflexão sobre os significados da Páscoa

Publicado

em

Páscoa significa passagem, do velho para o novo, da transformação da morte em vida. Essa data carregada de significados é tida como a mais importante festa cristã em comemoração a vida nova, a ressurreição de Jesus Cristo. O padre Fábio Lima, pároco na igreja Nossa Senhora da Paz, em Paranaguá, explicou sobre esses simbolismos e quais as reflexões que a Páscoa propõe na vida dos cristãos.

“Durante a semana santa nós podemos refletir toda nossa caminhada cristã junto aos nossos irmãos e irmãs e diante do Senhor. Como tenho agido e me portado em minha casa, com os meus familiares, no meu ambiente de trabalho? Se eu digo que sou um cristão católico, que pertenço a uma comunidade de fé, que participo da santa missa, que eu recebo os sacramentos, como eu tenho me portado? Tenho mesmo levado essa mensagem de que o senhor faz novas todas as coisas? Ou tenho envelhecido meu coração e as minhas atitudes com o tempo? Precisamos juntos construir essa reflexão dentro do nosso coração”, declarou o padre Fábio.

Portanto, segundo ele, este é o momento de rever atitudes para a construção de um caminho novo, no qual Cristo seja o centro.

“Eu sou chamado nessa Páscoa a reacender em mim essa chama do amor ao Cristo, nosso mestre e Senhor, ressuscitado em mim coisas novas, eu sou chamado outra vez a estar a serviço da minha comunidade. Refletir sobre as nossas vidas é tomá-las nas mãos e dizer: agora é tempo novo, eu preciso descobrir caminhos novos, atitudes novas, para que assim, de fato, com a minha vida e com o meu agir eu possa dizer aos meus irmãos que Cristo ressuscitou, que ele vive verdadeiramente”, afirmou o padre.

Mensagem para a atualidade

O mundo vive o período pós-pandemia, com uma população que sofre ansiosa com as dificuldades e efeitos dos últimos anos, além do conflito entre a Rússia e a Ucrânia e polarizações políticas. Segundo o pároco, diante desses problemas, a Páscoa traz uma mensagem.

“Nós precisamos fazer uma passagem, de todos esses sofrimentos para uma caminhada com Cristo. Caminhar com Cristo não é nos tornarmos cristão abobalhados, pelo contrário, nos tornarmos conscientes. Dessa maneira, as nossas ações devem construir uma sociedade justa para todos. A Páscoa é momento de justiça, queremos que o Cristo ressuscite, para isso nós somos convidados a estender as mãos àquela pessoa que passa por dificuldade. De mãos dadas juntos, nos ajudando de maneira mútua, nós podemos com a Páscoa vivenciar essa passagem, de coisas doloridas para coisas novas”, destacou padre Fábio.

Para o padre, a Páscoa convida para uma passagem, dos sofrimentos para uma caminhada com Cristo

Catequese 

As crianças também devem compreender essa passagem da Páscoa, conhecendo quem foi Jesus Cristo. “Podemos dizer a elas o que Ele queria, o que fazia com as pessoas que sofriam e que eram abandonadas. Jesus era quem trazia todos para perto, que perdoava, assim nós vamos ensinando às nossas crianças quem era Jesus. Podemos dizer que a Páscoa é essa passagem de uma vida antiga para uma vida nova. Jesus verdadeiramente vive. A Páscoa para as nossas crianças deve ser apresentada de uma maneira catequética, às vezes nós adultos também precisamos disso para vivenciar melhor e entender com os nossos pequenos este caminho de salvação”, frisou o padre Fábio.

Continuar lendo
Publicidade