Connect with us

Opinião

Saúde, Paraná!

O ano de 2020 trouxe um cenário de pandemia mundial que impôs à humanidade uma travessia longa e dramática

Publicado

em

Por Claudio Stabile*

Se o ano de 2020 trouxe um cenário de pandemia mundial que impôs à humanidade uma travessia longa e dramática e que todos gostaríamos não tivesse acontecido ou pudesse ser esquecida, nós na Sanepar focamos em garantir e ampliar as nossas ações para transformar e melhorar a qualidade de vida de milhões de pessoas. Trabalhamos para superar o cotidiano da quarentena, do isolamento e para deixar o novo normal o mais normal possível. E ainda fizemos isso em meio à maior crise hídrica da história do Paraná que nos submete a um quadro mais agudo, de maiores dificuldades. É um momento de desafios. É um tempo de obrigações e de deveres que nos leva a um olhar e a um agir pautados no esforço contínuo da superação.

Já aprendemos, pela forma evidente como o coronavírus expôs nossas fragilidades, que a saúde é o nosso bem maior e o nosso mais relevante patrimônio. Buscá-la, protegê-la e garantir a sua promoção permanente tornou-se a nossa missão. A melhoria nos índices de desenvolvimento humano passa pela implementação de um ciclo de saneamento, que começa na captação e tratamento da água que sai dos mananciais e poços, segue para as residências e complementa-se na coleta e no tratamento do esgoto.

Talvez não reste mais a menor dúvida de que saúde e saneamento andam lado a lado. Tampouco, que promover a saúde e preservar o meio ambiente são atos que devem acontecer ao mesmo tempo. São siameses. Não podemos abrir mão de um para ter o outro. Por isso, quando ligamos uma residência à nossa rede, conectamos os nossos clientes a esse ciclo.

Já atendemos 100% da população dos 346 municípios onde atuamos com água tratada. Levantamento apontado pela Agência Nacional de Águas (ANA) e divulgado no mês passado revela que o Paraná atingiu um índice de 80,7% de saneamento. E a Sanepar trata 100% do esgoto coletado.

Promovemos saúde e prevenimos doenças quando dispobilizamos água potável e tratamos esgoto. Atender essas demandas cada vez mais básicas da sociedade faz parte da nossa rotina.

Esta é a nossa agenda e que estamos cumprindo para garantir mais qualidade de vida a cada paranaense. Para garantir mais saúde.

Temos a real dimensão da nossa tarefa e da nossa missão que vamos continuar a cumprir. Do trabalho que temos que executar incansavelmente. Do esforço que não deve parar e dos investimentos que não podem ser medidos sem contabilizar os benefícios que vamos promover e consolidar no cotidiano de todos.

Por isso, além de cuidar do dia a dia, estamos planejando o futuro. De 2020 a 2024, a Sanepar pretende investir R$ 7,6 bilhões em obras de ampliação e melhoria dos seus sistemas de água e de esgoto. É um investimento significativo que confirma o nosso compromisso com a eficiência. Os recursos programados para os próximo cinco anos representam 70% a mais do que o volume investido no período de 2015 a 2019.

A evolução crescente nos investimentos da Sanepar explica, por exemplo, os indicadores de esgotamento sanitário bem acima da média nacional. É o caso da capital Curitiba (96%) e de Maringá e Cascavel (acima de 98%), Londrina (94%), Umuarama (93%), Ponta Grossa (91%), Cornélio Procópio (98%), Jacarezinho (95%) e Santo Antônio da Platina (94%), só para citar algumas cidades que confirmam o relatório da ANA.

Usufruir de saúde é condição verdadeira para existirmos. Levar saúde aos paranaenses é a condição da existência da Sanepar. Hoje, quando comemoramos o Dia Nacional da Saúde, podemos brindar com um copo da mais pura água, vinda diretamente das torneiras, e estender esse brinde a todos os dias do ano. Saúde, Paraná!

* Claudio Stabile é diretor-presidente da Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar)