Connect with us

Eleições 2020

“Geração de Emprego e Renda” é o terceiro tema da série de entrevistas

Candidatos a vice-prefeito em Paranaguá apresentam suas propostas

Publicado

em

A Folha do Litoral News traz, na edição de hoje, o terceiro tema da série de entrevistas com os candidatos a vice-prefeito nas Eleições Municipais 2020, em Paranaguá. Desta vez, eles falam sobre “Geração de Emprego e Renda”, área de interesse de muitos parnanguaras, jovens e adultos, que buscam uma oportunidade do mercado de trabalho.

Todos os candidatos tiveram o mesmo tempo, de até dois minutos, para discorrer sobre seu plano de governo na área em questão. Além de veiculação no meio impresso, as entrevistas ficarão disponíveis no portal da Folha do Litoral News no endereço www.folhadolitoral.com.br, assim como a versão em vídeo. Confira:

Lucio José Teodoro (PV) concorre com o candidato a prefeito Marco Sukita

“Com relação à criação de emprego e renda no nosso município um dos nossos projetos é o Centro de Treinamento Profissional, onde se dariam os cursos, por exemplo, de operador de empilhadeira de pequeno e grande porte, operador de pá-carregadeira, de línguas como o inglês e espanhol, cursos na área de informática. Paranaguá é uma cidade portuária, então as empresas que estão inseridas no município trabalham muito com essas áreas voltadas à exportação e importação. Então nossa ideia é treinar essas pessoas e disponibilizar os currículos delas que irão fazer os cursos para as empresas. Acreditamos que com isso estaríamos contribuindo para acabar com o desemprego na cidade e também dar oportunidades aos jovens, muitos deles estão perdidos no mundo da droga e crime, justamente por não ter oportunidades de trabalho. Esta é uma das nossas propostas para acabar com o desemprego na cidade.”

Esmeralda Quadros (PcdoB) concorre ao lado do candidato a prefeito, Dr. Manoel Barbosa

“Para geração de empregos, a gente sabe que a galinha de ovos de ouro é o Porto, sem dúvidas, mas como existe uma população enorme aqui que faz belíssimo trabalho artesanal em pequenas fabriquetas, queremos incentivar que venham para cá pequenas fábricas e indústrias de doces, bonés, macarrão, jeans, como vemos em outras cidades. São pequenas indústrias que geram muita mão de obra, temos pessoas muito capacitadas que já fazem isso, mas iremos estruturar este pessoal.”

Roselaine Barroso Ferreira (Patriota) concorre ao lado do candidato a prefeito, Julinho Lima

“O nosso plano para geração de emprego e renda é implantar um distrito industrial em Paranaguá para o melhor crescimento e desenvolvimento do nosso município, com expectativa de geração de quase seis mil empregos. Devendo ser implantado entre a BR-277 e a estrada de Alexandra. Incentivar também os estudantes para que através do Sistema S possam obter o maior preparo junto ao mercado de trabalho de forma a se desenvolver ações de responsabilidade social e ambiental. Através de um projeto com a sociedade civil colocar os jovens, que buscam seu primeiro emprego, a oferta de trabalhar até três meses para o aprendizado temporário para que possam preencher as vagas que serão ofertadas futuramente no Sine, que se exige experiência mínima. Por fim, incentivar a criação de novas empresas em Paranaguá, as quais, através da redução de impostos, possam produzir mais e gerar empregos, com um requisito de obrigatoriedade que é a contratação de, pelo menos, 30% de estagiários jovens, de 14 a 17 anos. Com esses jovens trabalhando, teremos mais segurança e estaríamos também combatendo as drogas.”

Marcio Vega, o “Marcio da Max Espetos” (Avante) concorre como vice na Coligação Nova Paranaguá (Republicanos, DC, PTC e Avante), junto ao candidato a prefeito Adriano Ramos (Republicanos)

“A geração de emprego é muito importante para toda a vida social de Paranaguá. Nós temos propostas vislumbrando as empresas que virão a Paranaguá, mas eu quero mostrar uma outra área chamada turismo no município. O turismo é essencial, pois gera vagas em todos os setores. Por exemplo, os setores de hotelaria, gastronomia, transporte aquaviário e na cidade, então para mim o mais importante hoje é fortalecer o comércio através do turismo, gerando emprego e renda ao povo parnanguara, trazendo as pessoas para ver as belezas naturais que a nossa cidade já oferece. Então, roteiro gastronômico, roteiro de emprego e renda, é esta a grande meta para a geração de emprego.”

João Cláudio Marques (MDB) concorre pela coligação Paranaguá de Todos (MDB, PROS e Solidariedade), ao lado de Alceu Maron Filho

“Esse é um dos principais desafios neste momento, quando temos o evento da pandemia, pois muitas pessoas perderam seus empregos, muitas famílias quando não têm seus pais desempregados, têm pelo menos um ou dois filhos na situação de desemprego. Creio que nós temos que buscar alternativas como a implantação de cooperativas na agricultura, pesca, têxtil, para que possamos fazer o melhor acontecer para essa área de geração de emprego e renda. Também podemos fazer algo que já foi feito em outros portos, falo pela minha condição de trabalhador portuário avulso, a recolocação de trabalhadores nos sindicatos da orla marítima, coisa que não aconteceu em Paranaguá. Com isso, conseguimos gerar em torno de, pelo menos, 500 empregos diretos.”

Ubirajara Maristany (PT) é o candidato a vice-prefeito ao lado de José Baka Filho (PDT), na coligação Trabalho e Liberdade: Construindo uma Paranaguá para frente e melhor (PDT e PT)

“O momento é bastante difícil. Nós temos o porto que emprega tanto direta como indiretamente. Acho que indiretamente podemos fazer cooperativas para fazer com que muitos trabalhadores possam usufruir dessa atividade e também temos a área portuária que hoje traz muitos benefícios para a nossa cidade. Com relação à economia, a parte portuária é muito importante. Eu, por exemplo, como trabalhador portuário avulso, posso dizer que os sindicatos trazem muitos benefícios para a nossa economia. A Estiva de Paranaguá representa, praticamente, 10% daquilo que a cidade arrecada hoje. Os sindicatos em conjunto representam de 25 a 30%, olha a importância que têm esses sindicatos na parte econômica da nossa cidade. Isso é uma coisa que a gente tem que olhar com muito carinho e fazer com que outros trabalhadores, de outros setores e departamento da cidade também possam ter esse mesmo desenvolvimento.”

José Carlos Borba (PSD) concorre ao lado do atual prefeito, Marcelo Roque (Podemos), na coligação Pra Fazer Muito Mais (Podemos, Progressistas, PSL, PL, PSB, PSDB, PSD)

“Falar na geração de emprego é muito fácil, principalmente para o Marcelo, porque ele já vem criando e lutando muito, sabemos da dificuldade que ele passa hoje com muitos órgãos ambientais, etc., para conseguir trazer mais empresas para Paranaguá para que possam criar ainda mais empregos. Eu entrei nesta luta com ele na parte comercial para ajuda-lo a ampliar a oferta de empregos na cidade, pedindo ao Governo do Estado que nos ajude, para que possa deixar a gente trabalhar mais aqui, contando com a ajuda dos órgãos ambientais também, para que novas empresas venham a Paranaguá e, com isso, fazer com que a cidade cresça na geração de empregos. Eu comecei uma empresa com 15 funcionários, hoje nós temos 112 colaboradores, de repente, em pouco tempo aqui que vamos trabalhar juntos, comercialmente hoje podemos trazer e ampliar na cidade muito mais empregos. Com isso, o Marcelo teria o apoio meu para que eu possa fazer com ele aquilo que eu sempre gostei de fazer, que é a minha área comercial, ajudando a criar novos empregos para a população de Paranaguá.”

Maike Santos (Cidadania) concorre junto com o candidato a prefeito Fabiano Elias

“Com relação à geração de emprego e renda em Paranaguá, vamos puxar um pouco a ‘sardinha’, digamos assim, para a nossa área que é a tecnologia. Temos em mente um projeto que está no nosso plano de governo que é extremamente importante que é a criação do Parque Tecnológico aqui em Paranaguá. Este parque vai contar com geração de emprego para os profissionais das instituições de Ensino Superior aqui em Paranaguá, o Isulpar, o Instituto Federal que formam esses profissionais e qualquer outro profissional da área de tecnologia que queira fazer parte ou que precise estar integrado neste sistema. Com isso, nós poderemos criar e gerar emprego para muitos profissionais de tecnologia que podem reverter ao município e às empresas sistema de tecnologia embarcados ou não, que possam atender as empresas de transporte em Paranaguá, empresas de segurança e, enfim, todas as outras áreas que possam lançar mãos de recursos de tecnologia para o nosso município. Com isso nós vamos gerar emprego e renda na área de tecnologia direta e indiretamente a mão de obra de outros profissionais, como estagiário de nível médio, de nível superior que precisam de estagiários nessas áreas. Paranaguá irá ganhar muito com isso na área de tecnologia.”

*Os candidatos Marco Antônio Hakim Filho (vice de Emmanuel Lobo) e Luciano Colodel (vice de Aramis Soares do Nascimento – Pichaco) justificaram sua ausência.