Connect with us

Eleições 2020

Candidatos a vice-prefeito encerram entrevistas falando sobre a “Relação com o Governo do Estado”

Edição de amanhã trará as propostas dos candidatos a prefeito

Publicado

em

Depois de apresentarem suas propostas para as áreas da Educação, Mobilidade Urbana, Geração de Emprego e Renda, Segurança e Saúde, os candidatos a vice-prefeito em Paranaguá, nesta edição, falam sobre a relação com o Governo do Estado.

O diálogo entre prefeitura e Governo do Estado é importante para trazer novos investimentos em infraestrutura, assim como realizar projetos em parceria para o desenvolvimento e fortalecimento de diversas áreas. Cada candidato teve até dois minutos para falar sobre as propostas a respeito desse tema e como será esse diálogo, caso seja eleito.

Este é o último tema da série de entrevistas da Folha do Litoral News com os vice-prefeitos. A partir de amanhã, sexta-feira, 23, terá início a divulgação das entrevistas com os candidatos a prefeito de Paranaguá, que trarão a sua visão sobre os mesmos temas propostos.

Além de veiculação no meio impresso, as entrevistas estão disponíveis no portal da Folha do Litoral News, no endereço www.folhadolitoral.com.br, assim como a versão em vídeo.

Ubirajara Maristany (PT) é o candidato a vice-prefeito ao lado de José Baka Filho (PDT), na coligação Trabalho e Liberdade: Construindo uma Paranaguá para frente e melhor (PDT e PT)

“A comunicação com o Governo do Estado e Governo Federal tem que ser muito boa. Com certeza, muitos projetos nós vamos buscar junto aos governos do Estado e Federal. Acho que nós temos que vestir a camisa com os governos do Estado e Federal para que possamos trazer esses benefícios a nossa cidade. Muitos projetos, como o que envolve o problema do trem, nós podemos fazer. Temos que ter um bom relacionamento com esses dois lados.”

José Carlos Borba (PSD) concorre ao lado do atual prefeito, Marcelo Roque (Podemos), na coligação Pra Fazer Muito Mais (Podemos, Progressistas, PSL, PL, PSB, PSDB, PSD)

“Hoje me sinto honrado e feliz por ser do partido do governo e pelo apoio do governador Ratinho Júnior. Estou nesta campanha por ele, pela cidade e pelo Porto. Quero que vocês contem comigo para que eu possa ajudar comercialmente a cidade a trazer novos empregos e atrair novas gerações para cá, trazendo novas empresas e desenvolver o Porto para que sejam batidos novos recordes. Além de tudo, tentar conseguir para Paranaguá melhorias na entrada da cidade. Criar novos empregos, aos sindicatos também que precisam muito do nosso apoio, estarei lá comercialmente para ajudar, pois desta área eu entendo e muito bem.”

Lucio José Teodoro (PV) concorre com o candidato a prefeito Marco Sukita

“Com relação a este tópico, a nossa ideia é a seguinte: a gente sempre viu que em Paranaguá, infelizmente, o que acontece é que, às vezes, o prefeito é eleito pelo partido A e o governador pelo partido B, e fica essa briga política e Paranaguá acaba perdendo. O que pretendemos é nos aproximar do Governo do Estado, até mesmo porque Paranaguá é uma cidade portuária e o Porto é o que gera as maiores divisas para o Estado. Precisamos estar juntos com os Governos Estadual e Federal para que a gente possa trazer benefícios para a cidade, investimentos nas estradas, nas ruas, aqui na região portuária, melhorar a segurança. A nossa ideia, se eleito formos, é partir para um bom relacionamento com o Governo do Estado e Governo Federal também.”

Marcio Vega, o “Marcio da Max Espetos” (Avante) concorre como vice na Coligação Nova Paranaguá (Republicanos, DC, PTC e Avante), junto ao candidato a prefeito Adriano Ramos (Republicanos)

“O Governo do Estado é nosso parceiro, isso é notório quando nós vemos o Porto que gera tantos empregos em Paranaguá. Este diálogo será contínuo. Quero chamar a atenção também para alguns setores que estão, digamos, um tanto quanto desatualizados com o governo, moradia, por exemplo, hoje nós temos acesso à Cohapar, que gera e viabiliza projetos de construção de habitações, moradias para suprir a necessidade que o nosso povo tem. Outra questão se chama turismo rural, em que nós temos contatos com a Emater que nos geram fomento para podermos estruturar um ecoturismo sustentável na região das colônias e mostrar tudo que nossa Paranaguá tem. Outra questão também é a do turismo, em que o Estado nos proporciona a questão do turismo em Paranaguá, podendo propagar tudo aquilo que nós temos de bom. Eu tenho certeza de que as empresas e o Estado, que aqui tanto age, podem fomentar tudo isso. Outra coisa, para nós, o Estado é parceiro, nós temos acesso a várias secretarias, a vários deputados, por exemplo, a Secretaria de Agricultura e Pesca, um dos nossos parceiros que para nós têm sido muito valorosos na questão da própria produção do Plano de Governo.”

Maike Santos (Cidadania) concorre junto com o candidato a prefeito Fabiano Elias

“A relação com o Governo do Estado para nossa gestão é algo muito transparente. Temos isso bem claro nas nossas conversas e plano de governo, que é fazer uma gestão compartilhada e para o povo parnanguara, independente de quem esteja e de em qual esfera esteja, seja na Estadual ou Federal. Temos o apoio do deputado estadual Douglas Fabrício na Assembleia Legislativa do Paraná, contato com várias outras pessoas no Governo do Estado, eu, particularmente, sou funcionário público estadual, nós conhecemos e transitamos por várias secretarias estaduais e temos conhecimento e acesso a várias pessoas que fazem parte do Governo do Estado. Independente de quem esteja na gestão estadual, nós, com certeza, teremos este canal aberto e levaremos os anseios da nossa população para que a esfera de Governo Estadual consiga nos ajudar, ou seja, um aporte para a nossa gestão, independente de disputas eleitorais ou não. Isso é extremamente importante. Quem vai ganhar com isso verdadeiramente é a população. Vamos deixar de lado essas picuinhas que existem e que só trazem problemas para a nossa cidade. Faremos um diálogo mais próximo com todos aqueles que possam ajudar a nossa gestão e beneficiar a população de Paranaguá.”

Roselaine Barroso Ferreira (Patriota) concorre ao lado do candidato a prefeito Julinho Lima

“Se formos eleitos, buscaremos recursos tanto junto ao governador, como a deputados, senadores e também juntamente ao nosso presidente Bolsonaro, pois, após as eleições não trabalharemos para partidos, mas sim para a nossa cidade, onde muitos recursos importantes são negociados com os governos Estadual e Federal, possibilitando o financiamento de projetos importantes para o nosso município. Com isso, haverá melhoria na qualidade de vida de toda a população parnanguara.”

Esmeralda Quadros (PCdoB) concorre ao lado do candidato a prefeito Dr. Manoel Barbosa

“Conforme  o nosso candidato a prefeito já expôs, esta é a política nossa, o que posso pedir e desejo é a questão de respeito entre o governo e a cidade e o município. Se houver respeito, as coisas irão caminhar bem, com certeza.”

João Cláudio Marques (MDB) concorre pela coligação Paranaguá de Todos (MDB, PROS e Solidariedade), ao lado de Alceu Maron Filho

“A relação com o Governo do Estado tem que ser uma das melhores, não só com o Estado como com o Governo Federal, porque muitas coisas que precisamos fazer atingem diretamente essa parceria com os dois governos para que possamos fazer as obras de infraestrutura. Acredito também que o setor privado possa ajudar, o porto pode ajudar muito, então temos que estar unidos para que possamos fazer essas obras e implantar o melhor para Paranaguá nesse sentido.”

*Os candidatos Marco Antônio Hakim Filho (vice de Emmanuel Lobo) e Luciano Colodel (vice de Aramis Soares do Nascimento – Pichaco) justificaram sua ausência.