conecte-se conosco

Educação

Segunda fase do vestibular da UFPR acontece no domingo

Alunos do Colégio Diocesano Leão XIII que foram aprovados na primeira fase estarão participando desta segunda fase do vestibular da UFPR

Publicado

em

Os alunos aprovados na primeira fase do vestibular da Universidade Federal do Paraná – UFPR, estarão no domingo, 3, em Curitiba, prestando a segunda fase. Trata-se de uma etapa decisiva do processo seletivo, onde precisarão de muita concentração e calma para realizar a prova que conta das questões dissertativas, prova de compreensão e produção de textos e, para alguns cursos, a prova de conhecimentos específicos de até duas disciplinas.

Nessa época do ano, a expectativa aumenta diante dos resultados de final de ano, aprovações e retenções fazem parte desse período. Porém, um segmento em que essa expectativa ganha maior contingência é a terceira série do Ensino Médio. Os estudantes que normalmente ficam envoltos em seus estudos, preocupados na aprovação de final de ano para cursarem a série seguinte, agora tem que lidar com a escolha do curso e da universidade. Além do encerramento da educação básica, despedida de amigos e sua escola de infância, uma verdadeira transposição para a fase adulta, quando devem escolher sua profissão e ainda reunir forças para vencer a maratona de vestibulares e processos seletivos que as universidades oferecem. Sem dúvida, é um momento tenso, embora compensador com a satisfação de ser aprovado em um vestibular.

Varseli Farias, diretora pedagógica, enfatiza que é um momento de muita felicidade ver os objetivos dos alunos sendo alcançados

A diretora pedagógica do Colégio Leão XIII, Varseli Corrêa Farias, destaca que é um momento de muita felicidade ver os objetivos dos alunos sendo alcançados. “Recebemos com muita alegria esses resultados dos aprovados nos vestibulares todos os anos, e esse ano não foi diferente. Destaco, em especial pelos alunos que passaram na primeira fase da Universidade Federal, outros passaram na UTFPR e na UEM, que são universidades públicas que têm uma exigência bem maior nos seus concursos vestibulares. Isso tudo é resultado da preparação que o colégio proporciona ao aluno, não somente no Terceirão, mas desde o infantil, pois muitos deles estão no Colégio desde os dois anos de idade. Com certeza, temos uma preparação mais específica para os concursos vestibulares, que eles irão prestar ao final do Ensino Médio, ofertando várias oportunidades de estudo, um quadro de professores bem experientes e comprometidos com a educação, desenvolvendo novas tendências pedagógicas e tecnológicas que agregam conhecimento e preparo aos alunos”, destacou Varseli que aproveita também para parabenizar aos alunos e seus familiares. “Gostaria de parabenizar nossos alunos e os pais que investem na educação dos seus filhos e que se comprometem também em nos ajudar nessa jornada de formação, porque escola e família devem caminhar juntas. Com certeza, o resultado de todo o nosso trabalho pedagógico é ampliado com o suporte que a família dá ao estudante e à escola, o sucesso desses alunos se faz com essa parceria”, completa. 

Todo esforço e preparação permitem a consolidação do hábito de estudo, dando plenas condições ao estudante para escolher a universidade em que deseja ingressar, transformando as oportunidades de estudo, os aulões de revisão, simulados, aulas de assistência, material didático, professores experientes em grandes aliados para uma carreira de sucesso. Para isso é importante investir e acreditar que é possível conquistar seus sonhos.

Essa preparação e investimento não devem ser realizados apenas na última série do Ensino Médio, mas durante todo percurso escolar do estudante. Dar a ele condições pedagógicas, aprendizado constante, segurança em seu desempenho, conhecimento e reconhecimento de suas habilidades e competências, traz a esse estudante um arsenal consistente para enfrentar os desafios futuros.

Sem dúvida, o que conta muito nessa fase crucial da vida dos jovens é o apoio dos familiares. É muito importante que estejam atentos e acompanhem esse processo dos filhos (a), porque por mais que pareça que podem dar conta de tudo sozinhos, que já são “maduros suficientes”, se sentir amparado e apoiado em suas decisões é de grande significado e relevância, e nada substitui esse amparo familiar. A escola faz a sua parte, porém quando há a integração entre Escola e Família, a probabilidade de realização é bem maior.

Vestibulandos

Gabrielle Guimbala Gebran passou na primeira fase do vestibular da UFPR no curso de Física e na Fuvest – USP em Astronomia, e destaca a importância do colégio em sua formação

A aluna Gabrielle Guimbala Gebran, passou na primeira fase do vestibular da UFPR no curso de Física, e na Fuvest – USP em Astronomia, e destaca a importância do colégio em sua formação. “Minha trajetória do Jardim I até o Ensino Médio no Leão XIII foi significativa. Tive vários momentos marcantes ao longo dos anos, e fiz muitas amizades, tanto com alunos quanto com as pessoas que trabalham na escola. O ensino é ótimo, os professores têm metodologias excelentes e sempre estão à disposição para ajudar em alguma dúvida. Quero agradecer a todos eles que compartilharam seus conhecimentos durante uma longa parte da minha vida. Além disso, os amigos que eu fiz lá são incríveis. O Colégio Diocesano Leão XIII tem um lugar especial no meu coração”, externou Gabrielle.

O aluno Eduardo Munaretto Majczak, também passou na primeira fase do vestibular da UFPR no curso de Ciência da Computação e destacou a importância dos aulões que recebeu no colégio. “Eu conversei bastante com os professores, depois de muitas aulas, até porque tivemos muitas aulas especiais estendidas nos sábados, os aulões. Depois de me preparar bastante, estudar, fazer todas as provas, acertar as dúvidas, foi tranquilo participar da prova, mas foi uma preparação difícil, até porque a UFPR é um vestibular mais conceituado e você tem que saber certo o que você está fazendo lá no meio da prova. A preparação que a escola nos deu foi muito boa para a realização do vestibular, principalmente porque os nossos professores são bem focados em passar os conteúdos que caem na UFPR. E agora seguimos estudando para fechar bem a segunda fase”, enfatiza Eduardo. 

Já o aluno Pedro Baptista Metri, participou do vestibular da UFPR para o curso de História como treineiro. “Está sendo um momento especial, às vezes parece que não cai a ficha e que a gente já está aqui prestes a decidir o nosso futuro, decidir a nossa carreira e o que a gente vai cursar. Então esse momento pode ser algo bem assustador para alguns, mas com preparação podemos encarar mais tranquilamente. Mas fazer a prova como treino é legal para conhecer como funciona o sistema e ajuda tirar um pouco dos medos. O vestibular é diferente das nossas provas do dia a dia, porque é muito burocrático, existem vários procedimentos que devem ser seguidos, e para quem nunca fez ajuda a se familiarizar com o processo. Considero uma experiência boa que eu recomendo para todo mundo, e desde o primeiro ano do Ensino Médio, que comesse ir tentando para se preparar melhor para não chegar na hora do vestibular tomar aquele baque, e dizer isso aqui é diferente do que eu pensava”, destaca Pedro, que é aluno do 2.º ano do Ensino Médio. 

Conquistas

Jacqueline Guimbala, mãe da aluna Gabrielle Guimbala Gebran, enfatiza a importância da educação de qualidade

Mãe da aluna Gabrielle Guimbala Gebran, que passou na 1.ª fase em Física na UFPR e em Astronomia na Fuvest – USP, Jacqueline Guimbala enfatiza a importância da educação de qualidade. “A escolha de uma profissão de sucesso começa nos primeiros anos da infância, quando bem orientada pelos ensinamentos conduzidos por uma boa escola, como o Colégio Leão XIII. O ambiente estimulador e a orientação didática dos conteúdos são fundamentais para a formação de sonhos e a capacitação das habilidades para realizá-los. Os estímulos dos professores na aprendizagem de conteúdos são muitas vezes os exemplos que os jovens admiram e seguem como referência para toda a vida. A família, consciente do seu papel em apoiar e valorizar as atividades escolares, faz com que o Colégio Leão XIII cumpra seu papel com excelência. O sucesso dos nossos jovens ao transpor as barreiras dos vestibulares nas melhores universidades do país corrobora essa união entre família e instituição de ensino. A vitória é de todos que acreditam na educação de qualidade e participam ativamente desse processo de confiança na construção de uma educação de qualidade para os nossos filhos”, enfatiza Jacqueline Guimbala.

A psicóloga Kellen Oliveira destaca que este é um momento ímpar na vida do estudante. “Sem dúvidas, o vestibular é um momento ímpar na vida do estudante, pois é o primeiro passo em direção à conquista profissional tão desejada. Nessa hora, o apoio da família e do ambiente escolar, é de fundamental importância para que o vestibulando tenha o incentivo necessário para ingressar em uma universidade, e seguir sua jornada de maneira mais segura e assertiva”, externa Kellen.

Confira alguns dos alunos aprovados:

NALUNOSUNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ – 1ª FASE
 01ARTHUR MACENO LISOVSKIEngenharia Ambiental
 02EDUARDO MUNARETTO MAJCZAKCiência da Computação
 03FARID SELHORST NABHANCiências Contábeis
 04GABRIELLE GUIMBALA GEBRANFísica
 05JOAO VICTOR DA SILVA CAPRINECiências Contábeis
 06LEONARDO FIORAVANTE SMANIOTOEngenharia Ambiental
 07LETICIA MALQUEVICZ DOS SANTOSDesign Gráfico / 1º lugar na Unespar – História  
 08LORENZO MAQUIAVELI GASKAEngenharia Ambiental
 09LUCAS FERREIRA DOS SANTOSEngenharia Civil
 10SABRINA BONZATO DE FRANÇAFarmácia
 11RACHEL DAITSCHMAN NASCIMENTOArtes Visuais
 12VITORIA DA COSTA ELIASOdontologia
 13LEANDRA CAMILLE NUNES FERREIRAAluna do 2º ano EM – Farmácia
 14PEDRO BAPTISTA METRIAlunos do 2º EM – História
 15OTAVIO AUGUSTO BANQUES DAS NEVESEngenharia Mecânica – UTFPR
 16LAVINIA ALVES MODESTO ROSAEngenharia Química – UTFPR
   
 NALUNOSOUTRAS UNIVERSIDADES
 17CHRISTOPHER DE LIMA MELLONutrição – TUIUTI
18GABRIELLE GUIMBALA GEBRANAstronomia – Fuvest – USP (1.ª fase)
 19GIOVANNA ALMEIDA DE MEDEIROSRelações Internacionais – FAE
 20GIOVANA LOPES HUNZICKERDireito – PUC-PR e FAE
 21GUILHERME HENRIQUE COSTAHistória – UEM
 22HELOÍSA MONDINI DE SOUZADesign – TUIUTI E POSITIVO
 23NICOLE PERCEL RIBEIRO DA SILVAArquitetura e Urbanismo – FAE
 24ISABELLA FILADELFO MARIA DOS SANTOSDireito – PUCPR/ História – UNESPAR
 25RYAN CHEMURE MACHADODireito – ISULPAR
 26LAVÍNIA BORBA NEVESArquitetura e Urbanismo – UP e ISULPAR
 27RAPHAELA REGINA ANTONIETEMedicina Veterinária – UP e UNICURITIBA
plugins premium WordPress