conecte-se conosco

Educação

Concurso Redação Paraná/Agrinho vai premiar estudantes da rede estadual com smartphones

NRE de Paranaguá tem incentivado a participação das escolas no litoral

Publicado

em

Foto: Seed

O Sistema FAEP/SENAR-PR e a Secretaria de Educação e Esporte do Paraná (Seed) lançaram o Concurso Redação Paraná/Agrinho. A premiação é resultado da parceria que, no ano passado, incluiu a categoria Sistema Redação Paraná para alunos dos Ensinos Fundamental II e Médio da Rede Estadual. Neste ano, serão distribuídos mais de 1,3 mil smartphones aos vencedores.

O concurso é dividido nas categorias 6.º e 7.º ano do Ensino Fundamental II; 8.º e 9.º ano do Ensino Fundamental II; e 1.ª, 2.ª e 3.ª /4.ª série do Ensino Médio, em cada um dos 32 Núcleos Regionais de Educação (NRE) do Paraná. Podem participar alunos matriculados em instituições de ensino da rede pública do Estado que utilizam a plataforma. O período para inscrições foi aberto no dia 26 de abril e segue até 24 de junho.

A aluna Bianca de Lima Mendes de Jesus, do Colégio Estadual Carmem Costa Adriano, em Paranaguá, foi premiada com uma menção honrosa no ano passado
Foto: Divulgação/NRE

De acordo com o Núcleo Regional de Educação (NRE) de Paranaguá, no ano passado, durante a 1.ª edição do concurso, a aluna Bianca de Lima Mendes de Jesus, do Colégio Estadual Carmem Costa Adriano, foi premiada com uma menção honrosa. A estudante visitou o Museu Oscar Niemeyer e o Memorial de Curitiba.

O concurso envolve os gêneros textuais Conto (6.º e 7.º anos), Artigo de Opinião (8.º e 9.º anos) e Dissertativo/Argumentativo (1.ª, 2.ª, 3.ª e 4.ª séries/EM). Na área do NRE de Paranaguá serão 21 celulares para os alunos e igual número para os professores.

“Para participar do concurso Agrinho, o professor propõe a redação que depois será corrigida e todos os alunos nota 10 receberão uma menção honrosa. Na sequência, as redações passarão pela Banca Escolar, que escolherá a melhor de cada série/ano/escola. Em seguida, pela Banca do NRE Paranaguá que escolherá as seis melhores. Estas, irão para a Banca do Senar que escolherá as três. Para participar, o aluno da Rede Estadual deverá procurar seu professor de Língua Portuguesa”, explicou a técnica da Plataforma Redação PR, em Paranaguá, Vilsana Arsego.    

Premiação 

Os primeiros lugares serão premiados em um evento, que ocorrerá em Curitiba, no mês de novembro e os outros dois, 2.º e 3.º lugares, em Paranaguá. “O trabalho com a plataforma vem crescendo ao longo dos meses, no Paraná já contam de mais de 800 mil textos propostos na plataforma; aqui no litoral, desde o início do ano, já somam quase 49 mil redações e, apesar dos desafios, o objetivo é sempre aprimorar a escrita, o raciocínio lógico, a argumentação, a organização de ideias dos nossos estudantes da rede pública do Paraná e o concurso vem corroborar nesse processo”, afirmou Vilsana.    

Segundo o chefe do NRE de Paranaguá, Adauto Félix Santana, o concurso Redação Paraná/Agrinho 2022 é uma oportunidade para que estudantes e professores externem as boas práticas na produção de texto para toda a comunidade escolar, com premiação e reconhecimento para ambos. 

“É de suma importância que os estudantes do litoral do Paraná tenham a oportunidade de participar e interagir com a plataforma para desenvolverem suas habilidades de escrita e a participação neste concurso é mais um incentivo ao engajamento nesta ação”, destacou Adauto.

Tema

O tema para elaboração das redações é “Sustentabilidade ambiental”. De acordo com o regulamento, os conteúdos relacionados abrangem resíduos orgânicos, sustentabilidade e educação, empresas e sustentabilidade, sustentabilidade no século XXI, economia e meio ambiente, arquitetura sustentável, empresas verdes, abandono de áreas de proteção, projetos de conservação ambiental, preservação de ecossistemas, agricultura sustentável e agricultura alternativa.

“O Agrinho tem sido uma forma de ajudar os professores a implantar o ensino transversal em suas aulas, para torná-las ainda mais interessantes e úteis. Agora, com essa parceria ainda mais estreita e com a sensibilidade apurada do secretário, damos um passo largo adiante. O concurso de redação será um ponto importante de aprimoramento dos nossos alunos”, afirmou o presidente do Sistema FAEP/SENAR-PR, Ágide Meneguette, durante o lançamento.

O secretário de Educação do Paraná, Renato Feder, destacou a capilaridade do novo concurso, que vai possibilitar a participação de todos os alunos da rede pública do Estado. “Esse ano, teremos algo muito especial. Queremos fazer, agora no retorno das aulas presenciais, o maior Agrinho da história. Para isso, estamos juntando duas ferramentas muito poderosas: Agrinho e Redação Paraná. Cada aluno vai concorrer dentro do seu ano escolar, com chances iguais para todos”, disse.

Critérios de avaliação

Todas as redações, independentemente da categoria, deverão conter, no mínimo, 150 palavras e, no máximo, 300, de acordo com as normas presentes na plataforma Redação Paraná. Os textos devem possuir título, obrigatoriamente.

Para a avaliação das redações, serão considerados cumprimento ao tema, originalidade e criatividade, clareza das ideias e apresentação textual. No caso dos textos dissertativos-argumentativos, também será avaliada a estrutura do texto, que deverá conter apresentação, desenvolvimento e conclusão.

Com informações do Sistema Faep