conecte-se conosco

Editorial

Voos pela vida

Com a missão de salvar e proteger, o BPMOA tem tido um papel imprescindível no Estado

Publicado

em

O Batalhão de Polícia Militar de Operações Aéreas (BPMOA) realiza um importante trabalho no litoral do Paraná durante a Operação Verão. Com grande concentração de turistas nas praias, o atendimento prestado pelas equipes chama a atenção dos banhistas durante os resgates aeromédicos. Desde o início da temporada de verão, já foram 72 missões e 31 pessoas em situação de emergência salvas pelo batalhão.

Com a missão de salvar e proteger, o BPMOA tem tido um papel imprescindível no Estado. No ano passado, outros números reforçam o quanto esse serviço é necessário para salvar vidas, e não apenas no mar. 

Em 2021, as equipes realizaram o transporte de vacinas, medicamentos e insumos para auxiliar na logística de saúde do Paraná e agilizar a aplicação das doses para a proteção da população. Um trabalho que fez a diferença para que a imunização chegasse mais rápido ao seu destino e pudesse, consequentemente, diminuir os casos graves da Covid-19.

Ainda na área da saúde, ao longo do ano, as aeronaves são utilizadas para realizar também transporte de órgãos, ajudando quem aguarda na fila por um transplante a ter uma chance de voltar a ter qualidade de vida. Entre todos esses atendimentos, somente no ano passado, foram mais de 2 mil horas voadas pelos falcões e 870 voos pela vida, além de 900 vítimas atendidas em conjunto com o Samu. 

No litoral, o trabalho de excelência do BPMOA continua durante a Operação Verão para o atendimento de ocorrências nas areias e também nos demais locais que necessitem desse suporte. Espera-se que mais vidas possam ser salvas por meio desse esforço contínuo dedicado à região neste período do ano.

plugins premium WordPress