Connect with us

Editorial

Incentivo à educação digital

O trabalho de combate a “fake news” tem ganhado mais notoriedade

Publicado

em

Nessas eleições, os eleitores têm canais importantes disponíveis que podem ser utilizados para dar mais transparência às informações que são divulgadas. Especialmente na Internet, onde o aparecimento de notícias inverídicas ganha amplo poder de disseminação, prejudicando o pleno entendimento sobre o funcionamento do processo eleitoral. Além disso, ainda podem impactar de maneira irreversível na decisão de voto dos eleitores e no livre exercício da democracia.

Hoje, com essas ferramentas em mãos, com comunicação facilitada a órgãos oficiais como Tribunal Regional Eleitoral, OAB, Ministério Público e até mesmo com as redes sociais, os eleitores podem tirar suas dúvidas, saber em que acreditar e denunciar práticas consideradas impróprias e ilegais relacionadas às eleições.

Isso ressalta o quanto é importante não só a disponibilização de ferramentas que dão voz à população, assim como a educação digital. Pois antes de pensar que uma notícia pode ser falsa ou que alguém está agindo de maneira errada perante a legislação eleitoral para poder denunciar, é preciso desconfiar da informação que está sendo transmitida. 

E isso só será possível quando os internautas estiverem preparados a duvidar das notícias que não condizem com a realidade. Um caminho para isso é divulgar esses canais e conscientizar os cidadãos para o uso das tecnologias, evidenciando a gravidade de disseminar um conteúdo duvidoso. Desta forma, percebe-se que, a cada eleição, o trabalho de combate a “fake news” tem ganhado mais notoriedade, contribuindo para a educação digital dos brasileiros.