conecte-se conosco

Editorial

Flexibilização do uso de máscara: otimismo, mas com cautela

Uma medida estadual flexibilizando o uso de máscaras logicamente nos traz otimismo de dias melhores. Foram quase dois anos sem relaxamento do uso deste item de proteção que foi e segue sendo essencial para o controle pandêmico

Publicado

em

editorial

Na quarta-feira, 16, o Governo do Estado divulgou novo decreto flexibilizando o uso de máscara em locais abertos, algo também adotado pela Prefeitura de Paranaguá, que divulgou texto normativo na quinta-feira, 17, seguindo o que determina a medida estadual. De acordo com o Estado, a decisão ocorre neste momento por causa da redução dos internamentos devido à Covid-19, diminuição de casos e mortes em decorrência da doença, bem como avanço na vacinação no Paraná, algo perceptível também no litoral e em Paranaguá.

Uma medida estadual flexibilizando o uso de máscaras logicamente nos traz otimismo de dias melhores. Foram quase dois anos sem relaxamento do uso deste item de proteção que foi e segue sendo essencial para o controle pandêmico. As máscaras, apesar de uma polemização descabida por parte de pessoas que insistiram em não as adotar no dia-a-dia, salvaram vidas e foram uma das principais formas de prevenção ao Coronavírus junto com a vacina, a higienização das mãos e o distanciamento.

O Estado afirma que estudará nas próximas semanas o cenário epidemiológico da pandemia para analisar o número de casos e óbitos devido à doença, se esta tendência de controle, que prossegue mesmo após o Carnaval, ocorrerá também com a flexibilização da utilização de máscaras. Caso este cenário positivo prossiga, a tendência é que o Paraná não obrigue mais a utilização deste item de proteção em ambientes fechados, algo que ainda será analisado de forma científica.

A cautela se tornou item essencial durante esses dois anos de pandemia. Portanto, devemos adotá-la também neste período de flexibilização da máscara. Não é proibido usar o item na rua e em locais abertos, caso você se sinta seguro desta maneira. Da mesma forma, devemos prosseguir usando as máscaras em locais fechados, principalmente em aglomerações, como no transporte coletivo, em ambientes de trabalho e coletivos, por exemplo. A Lei prossegue vigente neste sentido e obriga tal atitude por parte de cada cidadão. 

O cenário é de otimismo, mas sempre responsável. Quem respeitou os decretos e se preocupou com o próximo, deve saber que fez sua parte. Utilizar a máscara foi e é um ato de resistência e consciência coletiva em tempos de negacionismo científico e ignorância. Outro ponto essencial: o prosseguimento da vacinação contra a Covid-19. Se vacine, complete seu esquema vacinal, tome a dose de reforço, conscientize os outros sobre a importância da imunização. O controle da pandemia só está se dando através da ciência, que é quem norteia a importância do uso de máscara, da prevenção e da vacinação. 

Continuar lendo
Publicidade