Connect with us

Editorial

A ocupação alarmante da Ala Covid-19 no HRL e a urgência nas medidas preventivas

O que se percebe, em muitos casos, é que parte da população não se comove mais com as mortes decorrentes do Coronavírus. Alheias ao momento humanitário crítico que vivemos, pessoas procuram relativizar os óbitos com discursos negacionistas, proliferando notícias falsas e desdenhando da ciência e da racionalidade

Publicado

em

A ocupação alarmante da Ala Covid-19 no HRL e a urgência nas medidas preventivas

Nos últimos três dias, 10 pessoas morreram na Ala Covid-19 do Hospital Regional do Litoral (HRL). As vítimas foram pessoas que residiam em Paranaguá, Guaratuba, Guaraqueçaba e Pontal do Paraná. A notícia é triste e repetida diariamente. Famílias choram seus mortos no litoral paranaense. Gostaríamos de divulgar que os números de óbitos e casos de Coronavírus estão recuando, entretanto a realidade é que o “lockdown” precisa ser respeitado e a sociedade precisa repensar como está enfrentando o Coronavírus. O jornalismo traz para o cidadão a realidade do momento, e o que ocorre atualmente é um descontrole da pandemia.

Segundo a Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), na terça-feira, 2, havia apenas um leito disponível na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) da Ala Covid-19 do Hospital Regional. O índice é alarmante, pois a UTI trata especificamente de pacientes em estado grave, ou seja, aqueles que estão lutando pela sua vida que pode ser perdida a qualquer momento para a Covid-19. É uma batalha extremamente difícil, que, para haver chances de ser vencida, precisa de uma estrutura concedida pelo sistema público de saúde com equipe médica de apoio, respirador e acompanhamento contínuo. 

Todo este cenário já foi percebido pelo Governo do Estado, tanto é que na sexta-feira, 26, o governador Ratinho Júnior decretou o “lockdown” em todo o Paraná, a ampliação do toque de recolher e pediu, urgentemente, que toda a sociedade respeite as medidas preventivas. Ou seja, adotar o distanciamento social, o uso de máscara e a higiene contínua das mãos, são itens obrigatórios e de sobrevivência, literalmente.

O que se percebe, em muitos casos, é que parte da população não se comove mais com as mortes decorrentes do Coronavírus. Alheias ao momento humanitário crítico que vivemos, pessoas procuram relativizar os óbitos com discursos negacionistas, proliferando notícias falsas e desdenhando da ciência e da racionalidade. Pensar desta maneira é um ato desumano, de desrespeito às vidas que estão sendo perdidas, às famílias enlutadas e aos profissionais de saúde que lutam diariamente contra este inimigo implacável chamado Covid-19, que se fortalece com o desdém da população à prevenção. 

Leia também: Com barreiras sanitárias e Ilha do Mel fechada, litoral compreende gravidade da pandemia

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.