conecte-se conosco

Direito & Justiça

Paraná tem cerca de 44 mil pessoas de 15 a 17 anos prontas para votar

A Justiça Eleitoral busca, cada vez mais, incentivar o Voto Jovem e garantir o exercício da cidadania a este público, que nesta semana é alvo de uma campanha nacional

Publicado

em

Foto: Roberto Jayme/Ascom TSE

O Paraná tem hoje cerca de 44 mil jovens que decidiram fazer parte do processo eleitoral antes mesmo de ser obrigatório para a sua idade. São pessoas com 15, 16 e 17 anos que já estão aptas a votar nas Eleições 2022.

A estimativa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) é que, em 2022, existam 615.224 jovens desta faixa etária no estado.  

As pessoas podem tirar o título já aos 15 anos, desde que completem 16 até o dia da eleição (2 de outubro) e façam o título até o fechamento do cadastro (4 de maio). 

Campanha

A Justiça Eleitoral busca, cada vez mais, incentivar o Voto Jovem e garantir o exercício da cidadania a este público, que nesta semana é alvo de uma campanha nacional. 

Direto do Canadá

Leticia Allievi Figueira tem 16 anos e está fazendo intercâmbio no Canadá. Mas a distância não a impediu de solicitar o título eleitoral pela Internet. 

“Votar nas eleições é uma maneira de mostrar vontade e interesse em melhorar a situação do meu país”, acredita. Ela entende que não é necessário esperar ter mais idade para votar, pois já tem opiniões e posicionamentos próprios, que podem contribuir com o Brasil. “Não quero ficar de fora de algo tão importante, quero me sentir parte do meu país e do seu futuro”, conclui.

Mais acesso

Milena Kulapski Kamogawa, de 17 anos, decidiu em fevereiro que iria tirar o título eleitoral. Ela conta que “não fazia ideia de como poderia solicitar o documento, mas que uma pesquisa rápida na Internet ajudou a entender como funcionava o processo. “Só fui preenchendo as informações, que eram bem simples, e acompanhei o pedido”, conta.

Mas qual a importância de o jovem participar desde cedo das eleições? Para Milena, a resposta é simples: se posicionar. Ela ainda destaca que pessoas de sua faixa etária têm, muitas vezes, mais acesso à informação. “Por isso cabe a nós exercermos nosso papel como cidadãos, afinal vivemos e sofremos as consequências das escolhas de nossos representantes também”, destaca.

Prazo vai até 4 de maio

O prazo para tirar o título pela primeira vez ou regularizar pendências para votar nas Eleições 2022 vai até 4 de maio.

A Justiça Eleitoral recomenda que as pessoas não deixem para a última hora para evitar lentidão no sistema, filas e aglomerações.

Sem sair de casa

Tudo pode ser feito sem sair de casa, pela internet: primeiro título, transferência de município, alteração de dados e regularização de título cancelado. Basta acessar o Título Net e seguir as orientações. 

Não é preciso ir até um cartório eleitoral, pois a coleta das digitais está suspensa. Acesse a versão digital do documento no aplicativo e-Título, no celular ou tablet, pelo Google Play ou App Store.

Em caso de dúvidas, procure o 0800-640-8400 (ligação gratuita), acesse o serviço de conversa textual do Balcão Virtual ou entre em contato por e-mail ou WhatsApp com a sua zona eleitoral.

Com informações CCS/TRE-PR

Continuar lendo
Publicidade