Connect with us

Direito & Justiça

MPPR esclarece a exigência de carteira de vacinação para matrículas em escolas

Exigência não impede os pais de oficializarem a matrícula, desde que o documento seja apresentado 30 dias depois (Foto: MPPR)

Publicado

em

MPPR esclarece a exigência de carteira de vacinação para matrículas em escolas

O período de rematrículas e matrículas de crianças e adolescentes em escolas públicas já foi iniciado para o ano letivo de 2021. Além dos documentos pessoais comumente exigidos, as escolas, tanto públicas quanto particulares, são obrigadas a solicitar a carteira de vacinação atualizada. A exigência está descrita na lei estadual n.º 19.534.

O promotor de Justiça do Ministério Público do Paraná (MPPR), David Kerber de Aguiar, explicou que a exigência não impede os pais de oficializarem a matrícula e garantirem a vaga para seus filhos. Embora o documento deve ser apresentado posteriormente.

“A escola deve exigir a carteira de vacinação atualizada. No Paraná, está prevista em lei essa obrigatoriedade tanto para criança como para adolescente. Mas a criança não fica impedida de estudar, é feita uma notificação aos pais e, se em 30 dias isso não for resolvido, é comunicado ao Conselho Tutelar, mas em nenhuma hipótese a criança deixa de ser matriculada”, destacou Aguiar.

A carteira de vacinação deve ser apresentada no ato da matrícula pelos pais de alunos que estão desde a Educação Infantil, até Ensino Fundamental e Médio. O documento deve estar de acordo com o Calendário de Vacinação da Criança e com o Calendário de Vacinação do Adolescente, disponibilizados pela Secretaria de Estado da Saúde e pelo Ministério da Saúde.

Educação básica

Além desta questão, o Ministério Público do Paraná esclareceu, por meio do serviço MP Responde, no qual soluciona as dúvidas da população, de quem é a responsabilidade de ofertar vagas nas escolas nos municípios e Estados. 

“Quando falamos em criança e adolescente, falamos de educação básica, que se divide em três grandes ciclos. A primeira é a Educação Infantil, que é obrigação do município; o segundo é Ensino Fundamental, que divide a obrigação entre município e Estado, do 1.º ao 5.º ano é do município e do 6.º ao 9.º é do Estado; e o Ensino Médio que é obrigação do Estado”, afirmou o promotor de justiça. “Lembrando que existem alguns municípios que também têm escolas do 6.º ao 9.º ano. É mais raro, mas acontece, a exemplo de Araucária”, concluiu Aguiar.

Com informações do MPPR

Leia também: Mídia é importante parceira no combate à violência contra mulher

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.