Connect with us

Coronavírus

Paranaguá cancela Carnaval 2021 devido à pandemia

Publicado

em

Paranaguá cancela Carnaval 2021 devido à pandemia

Em reunião realizada entre a equipe da Secretaria de Cultura e Turismo de Paranaguá (Secultur) e a Associação das Escolas de Samba de Paranaguá (Aesp), no início desta semana, ficou decidido, em comum acordo, que os eventos relacionados ao Carnaval deste ano estão cancelados por conta da situação da pandemia do novo Coronavírus.

Equipe determina o cancelamento do Carnaval
Foto: Secultur

O secretário municipal Harrison Camargo enfatiza que a Secultur está seguindo todos os protocolos de saúde determinados pelas autoridades com o objetivo de evitar aglomerações e a disseminação da Covid-19.

“Na condição em que estamos vivendo, não existe a possibilidade de qualquer tipo de festa ou evento. Estamos vivendo uma nova realidade, principalmente, respeitando as orientações e normas das autoridades de saúde e segurança para garantir o bem-estar de toda a nossa população”, disse o secretário. “O prefeito Marcelo Roque tem uma preocupação muito grande com a saúde da população neste momento que o mundo está vivendo devido à pandemia da Covid-19”, continuou Camargo, enfatizando que o Carnaval foi adiado ou cancelado praticamente no País inteiro, e por Paranaguá possuir uma administração séria e transparente ficou decido que o Carnaval deste ano fosse cancelado.

O presidente da Aesp, Claudio Apiacas, destacou que a decisão foi a mais correta. “Foi acertada a decisão de cancelar o Carnaval deste ano devido à pandemia de Covid-19, para resguardar a saúde da população parnanguara. Vamos nos organizar para o Carnaval do ano que vem”.

Na oportunidade, foi discutida a estruturação das agremiações para as festividades alusivas ao Carnaval 2022. “Ficou acordado que todas as agremiações de Paranaguá devem se estruturar da melhor maneira possível para as festividades alusivas ao Carnaval 2022”, finalizou Camargo.

Além dos representantes das agremiações, também participaram os superintendentes da Secultur Maria Plahtyn Torres, Jafar Tassi e Leontino Zella Filho.

Foto: arquivo/Carnaval

Leia também: Anac libera transporte de vacinas em cabine de passageiros