Connect with us

Coronavírus

Alunos já podem ter aulas ao vivo na TV e YouTube

Saiba como sintonizar os canais no litoral (Foto: Arnaldo Alves/AEN)

Publicado

em

O Governo do Paraná estruturou um sistema de Educação a Distância (EaD) para atender os estudantes da Rede Estadual durante a pandemia do Coronavírus, que fez com que as aulas fossem suspensas. Cerca de um milhão de alunos pode dar continuidade ao processo de aprendizagem através de canais da TV e do YouTube. A implantação teve início na segunda-feira, 6.

A iniciativa foi aceita pelo Conselho Estadual de Educação (CEE), que aprovou a medida por 17 votos a favor e apenas um contrário. Nas redes sociais, a Secretaria realizará uma transmissão ao vivo voltada para pais, mães e responsáveis, na segunda-feira, 13, às 9h, para explicar sobre o funcionamento do sistema.

Como sintonizar no litoral

“No litoral, teremos acesso pelo canal de televisão, que são os compatíveis com a RICTV, são dois canais antes ou dois depois da RICTV”, explicou a chefe do NRE em Paranaguá, Clarice Ubessi

A chefe do Núcleo Regional de Educação (NRE), em Paranaguá, Clarice Ubessi, explicou como encontrar os canais com as videoaulas na região. “No litoral, teremos acesso pelo canal de televisão, que são os compatíveis com a RICTV, são dois canais antes ou dois depois da RICTV, por isso os pais terão que sintonizar de acordo com a cidade. O canal vai ofertar as aulas para o 6.º, 7.º, 8.º e 9.º ano e também Ensino Médio. Essas aulas serão repetidas no período da manhã, tarde e noite”, declarou Clarice.

Um aplicativo para celular, o Aula Paraná, ainda em desenvolvimento, será uma ferramenta a mais para uso de professores e alunos. “Também estará disponível um aplicativo para celular, chamado Aula Paraná, onde o aluno poderá ter a turma dele de acordo com o professor. Pelo aplicativo ele irá receber as aulas, vai interagir com os colegas de turma e com o professor que estará monitorando esses alunos”, explicou a chefe do NRE. O aplicativo não vai consumir dados 3G e 4G, pois a SEED está providenciando pacotes de dados junto a todas as operadoras de telefonia.

Para os alunos que não têm acesso à televisão ou aos smartphones, será feito um material impresso, entregue junto com os kits de merenda escolar. “Haverá atividades de acordo com esse material que receberem e irão entregar após sete dias do retorno das aulas. As faltas que forem lançadas durante este período serão descontadas porque vão fazer esse estudo em casa. Se o aluno não estiver incluído no Bolsa Família e precisar desse material impresso, vai poder retirar no mesmo dia da entrega dos kits de merenda para poder utilizar em casa”, destacou Clarice.

As presenças dos alunos serão computadas de acordo com as atividades propostas pelas aulas na TV, pelo celular e pelo computador, e entregues on-line. Alunos que não têm acesso à internet poderão entregar as atividades no papel em seus colégios, nos mesmos dias de entrega das merendas ou até sete dias depois que as aulas voltem ao normal.

Secretaria de Estado da Educação

Em nota, a Secretaria de Estado da Educação e Esporte (SEED), afirmou que as medidas preparadas pela pasta vão garantir que os mais de um milhão de alunos da Rede Estadual tenham seu processo de ensino e aprendizagem mantido enquanto perdurar a crise do Coronavírus no País. “As escolas somente serão reabertas quando a situação for considerada segura pelas autoridades sanitárias”, ressaltou a Secretaria.

As aulas são transmitidas na TV aberta, em multicanais da RIC TV, afiliada da Rede Record no Paraná; e no YouTube. “As emissoras seguem o padrão .2, .3, .4. Em Curitiba, por exemplo, onde a TV Record / RIC é o canal 7.1, as aulas dos estudantes dos 6.° e 8.° anos são transmitidas no canal 7.2, enquanto as dos 7.° e 9.° anos são no canal 7.3 e as do Ensino Médio são no canal 7.4”, exemplificou a SEED.

No YouTube, a transmissão é realizada nos mesmos horários da televisão e alguns já estão no ar. Os links dos canais por região do Paraná, a grade horária e os links para as aulas no YouTube estão disponíveis no site da SEED: http://www.educacao.pr.gov.br/Noticia/Rede-estadual-do-Parana-comeca-transmitir-aulas-pela-TV-aberta-nesta-segunda-feira-6

Google Classroom

A SEED também fechou uma parceria com o Google Classroom, sistema de gerenciamento do Google voltado a escolas.  “Por lá, o aluno vai encontrar a descrição das aulas, links para documentos e materiais extras publicados pelos professores, links para o Google Forms (onde os professores poderão disponibilizar perguntas e enquetes) e links do YouTube das aulas já transmitidas. A previsão é de que nos próximos dias os estudantes comecem a usar a solução, que está em fase final de implantação”, explicou a secretaria.