conecte-se conosco

Comunicação

Radialista e apresentadora Ceres Martins completa 25 anos de profissão

Ceres Martins relata como foi o início de seu trabalho em rádio, e como fez uma carreira consistente na comunicação parnanguara

Publicado

em

Há 25 anos, no dia 18 de novembro de 1998, Ceres Bremer Martins iniciava sua carreira como radialista e apresentadora, profissão a qual escolheu permanecer e construir uma carreira.

Natural de Rio Negro, região sudeste do Paraná, veio morar em Paranaguá em 1985, com 19 anos, onde constituiu família e adotou a cidade como a do coração.

Ceres relata como foi o início de seu trabalho em rádio, como foi esta uma novidade em sua vida, já que tinha como planos seguir uma profissão na área da medicina. “Fiz a minha estreia no dia 18 de novembro de 1998. Mas posso dizer que começou com um curso no Sesc, em junho daquele ano. Fiz um curso de técnica e locução, com a locutora Andréia Neves. No decorrer do curso, a gente acabou indo fazer um estágio na Rádio Litoral Sul. Nesse estágio, surgiu a oportunidade da gente construir um projeto que chamava Se Quero Saber, que era um programa de segunda a sexta, e a gente fazia entrevistas, leis e direitos, saúde, educação e eventos. Comecei nesse programa, e foi o meu primeiro contato com o rádio. No decorrer desse programa, na época, o senhor Emerson Barroso era o gerente da Rádio e surgiu uma vaga no jornalismo, onde ele me convidou para participar desse programa de jornalismo da emissora. Eu, muito apaixonada pelo rádio, aceitei esse desafio e comecei a participar do programa de jornalismo da rádio. Onde fiquei até 2002, fui repórter, apresentadora, atuei como repórter policial. Em 2002, quando saí da rádio, fui para a prefeitura de Paranaguá com o então prefeito Mário Manoel das Dores Roque me deu uma oportunidade para trabalhar como assessora de gabinete. Lá também fui para a comunicação, para a imprensa, e comecei a ter contatos com as apresentações como cerimonialista, onde tive a oportunidade de apresentar vários eventos, dentre os quais um evento grandioso na época, que foi com os Inimigos da HP, com mais de 30 mil pessoas na Praça Mário Roque, também apresentei eventos gospel, desfile escolar, Carnaval, tudo isso na prefeitura. Depois que saí da prefeitura, fui trabalhar em outros veículos. Também fiz assessoria de comunicação para a ACIAP, trabalhei no Porto, eu fiz assessoria de comunicação para políticos, também coordenei campanhas tendo trabalhado em várias delas. Eu fiz cursos de fotografia e trabalhei no site Sem Palavras. Também trabalhei em alguns grandes eventos, como a festa da padroeira da Nossa Senhora do Rocio, onde fiz a cobertura dentre tantos outros eventos. A comunicação te leva por vários caminhos”, enfatiza Ceres Martins, que acredita que a comunicação entrou na sua vida muito cedo.

Atualmente, Ceres Martins está à frente de um programa de jornalismo na Rádio Aliança. “Eu sempre gostei do rádio, mas é na área de radiojornalismo, que me encontro. Ali a gente pode trazer informações e deixar a população a par de tudo o que acontece. Eu acredito que essa questão de você poder trazer a informação de uma forma honesta, para que a população saiba exatamente o que está acontecendo é gratificante como profissional, e fico muito grata por estar fazendo esse programa. Eu só tenho agradecimentos a fazer nestes 25 anos de estrada. Agradecer a todas as pessoas que passaram na minha vida, a todas as pessoas que me ajudaram, porque eu sempre digo, graças a Deus, essa minha trajetória de 25 anos, ela foi uma trajetória que conquistei com o meu profissionalismo, com a minha credibilidade, com a minha honestidade, e isso sempre pautou a minha carreira. O meu agradecimento à cidade de Paranaguá, como eu sou nascida em outra cidade, mas eu vim para cá já faz quase 40 anos, eu quero fazer este agradecimento especial a Paranaguá. Eu sou apaixonada pela comunicação, em todas as áreas. Aqui na Folha do Litoral News mesmo é mais um exemplo, fizemos um PodCast com a Ana Paula e com o Paulinho Oliveira, uma pessoa que eu tenho maior gratidão também”, externa a radialista.

A comunicadora deixa uma mensagem a todos que queiram entrar nesta área. “Acredito que todo profissional, independente do que escolha para a sua vida, se ele tiver respeito por mesmo e respeito para aqueles que ele faz o trabalho, vai dar certo. Eu caminhei 25 anos com a graça de Deus Pai Todo-Poderoso, com o apoio da minha família, e hoje eu me sinto realizada. Se eu fizer uma autocrítica da minha pessoa, eu me gosto assim como eu sou, e eu sou extremamente realizada pela profissão que escolhi, e eu, como disse você, eu ainda quero estar ativa mais 25 anos.

Publicidade










plugins premium WordPress