conecte-se conosco

Ciência e Saúde

Secretaria de Saúde de Paranaguá alerta para bairros com mais casos de dengue

Município foi o único do litoral que voltou a registrar casos

Publicado

em

A Secretaria de Estado da Saúde do Paraná (Sesa) divulgou, na terça-feira, 8, um novo informe com o acumulado de casos de dengue no Estado, registrados desde o fim do mês de julho de 2020 até agora. Entre os municípios no litoral, somente Paranaguá teve casos de dengue confirmados, 63 no total. A Secretaria Municipal de Saúde de Paranaguá alertou para os bairros que tiveram mais confirmações.

“Neste momento, os bairros com mais atenção são: Santos Dumont, Vila São Vicente, Bockmann e Ponta do Caju”, revelou, em nota, a Secretaria Municipal de Saúde. Não houve registro de dengue grave ou óbito em Paranaguá e, segundo a Sesa, Paranaguá está sem risco climático para dengue.

Ações de combate

As ações de combate a dengue ocorrem o ano inteiro e não pararam durante a pandemia. “Pelo contrário, várias ações foram iniciadas em 2020. Além das visitas domiciliares – por prevenção a Covid-19, as equipes não entram nas residências, apenas no terreno -, as equipes do setor da dengue realizam o projeto “Empresa – Contra a Dengue” que consiste em visitar empresas com agendamento prévio, verificar a existência de possíveis criadouros e orientar funcionários”, explicou a Secretaria de Saúde.

Uma parceria com imobiliárias tem auxiliado na entrada em terrenos e residências fechadas que estão para venda ou locação. Além disso, a secretaria informou que uma equipe visita, em média, três vezes por semana as comunidades marítimas e ilhas para conferir se não há criadouros do Aedes aegypti, verificar as condições da população e risco de outras zoonoses.

Também são realizadas ações no centro comercial, utilização de bomba costal sempre que necessário e verificação de denúncias realizadas pelos moradores. Um projeto em parceria com a Secretaria Municipal de Educação realiza em supermercados, terminais e rodoviária levandoações de orientação e distribuição de folders explicativos.

Em caso de suspeita

O cidadão que sentir algum dos sintomas da dengue deve procurar a unidade de saúde mais próxima de sua residência. Os sintomas podem ser febre alta acima de 38.5ºC, dores musculares intensas, dor ao movimentar os olhos, mal estar, falta de apetite, dor de cabeça e manchas vermelhas no corpo.

A principal orientação nesse momento, para evitar que a doença volte a afetar grande parte da população, é cuidar dos quintais e evitar armazenar recipientes que possam acumular água.

“Paranaguá é uma cidade com calor o ano inteiro e períodos de chuva. Esse clima auxilia na proliferação do mosquito Aedes aegypti, por isso, aliado ao trabalho realizado pela Secretaria Municipal de Saúde e agentes de endemias, o cuidado da população quanto a possíveis criadouros é fundamental. Verificar cada parte das residências e comércios evitando recipientes que acumulem água, é importante para evitar que o inseto tenha um espaço adequado para sua proliferação”, enfatizou a Secretaria Municipal de Saúde.

Continuar lendo
Publicidade