Logotipo

08 de agosto de 2019

O empreendedorismo e a mudança social

O austríaco Peter Ferdinand Drucker (1909 - 2005), economista e estudioso considerado o “pai da administração moderna”, afirmou que “para ter um negócio de sucesso, alguém, algum dia, teve que tomar uma atitude de coragem”. Tal pensamento expressa a necessidade de se lançar ao novo, de buscar novas perspectivas e não ter medo de errar, ou seja, é preciso sempre assumir o risco e tentar.

Este pensamento é capaz de nortear o empreendedorismo, palavra muito apregoada na atualidade e que significa empreender, resolver um problema ou situação complicada, isto é, ter a coragem de enfrentar as situações e demonstrar a capacidade criadora tão comum ao ser humano. 

Entre o público jovem é imprescindível se incentivar a adoção de postura empreendedora, pois tal atitude remete a uma mudança de ação, pois uma das características dos jovens empreendedores é o inconformismo com a realidade do mercado e o desejo de impactar a sociedade. 

Como se pode ver em matéria contida nesta edição da Folha do Litoral News, um projeto desenvolvido em Paranaguá está centrando suas ações nos princípios supracitados, isto é, realiza cursos voltados a transmitir princípios de empreendedorismo aos jovens parnanguaras, o que, sem sombra de dúvidas, pode se tornar uma grande ajuda para a formação de uma sociedade diferente, a partir da imprescindível retomada do poder de pensar e posicionamento crítico dos jovens, além, é claro, de buscar fomentar entre a juventude o desejo por melhoria para si e para o meio em que está inserido. 

É importante se ressaltar que no caminho dos jovens empreendedores há muitos obstáculos, pois as adversidades são comuns a quem busca transformar realidades, mas o importante é nunca esquecer o que disse Walt Disney: “Todos os seus sonhos podem se tornar realidade se você tiver coragem para persegui-los”.

Assim, por mais que haja dificuldades no meio do caminho, a perseverança deve ser constante tendo em vista a prerrogativa de que empreender é também agregar valor, saber identificar oportunidades e transformá-las em um negócio lucrativo.

Desta forma, que mais ações empreendedoras surjam entre a juventude parnanguara tendo em vista as inúmeras possibilidades que se abrem partindo-se dessa mudança de perspectiva entre os jovens.

Compartilhe

Colunistas