Connect with us

Editorial

Maria da Penha completa 13 anos. O que comemorar?

Hoje, no enfrentamento à violência contra a mulher, muitos municípios brasileiros investiram em segurança nesta área e criaram, por exemplo, o projeto Botão do Pânico e a Patrulha Maria da Penha.

Publicado

em

A Lei n.º 11.340/06, batizada como Lei Maria da Penha, completa hoje 13 anos. Para as mulheres e para quem institui uma luta constante por seus direitos, a data é um marco. Isso porque desde a implantação, a legislação possibilita uma série de garantias às vítimas de violência doméstica e familiar, as quais sequer eram cogitadas, o que trouxe também um avanço histórico não apenas na questão de legislação, mas sobretudo, nas estruturas sociais.

Com a Maria da Penha, surgiram as medidas protetivas de urgência e emergência às vítimas de violência, as casas de acolhimento às mulheres, as delegacias de atendimento específico à mulher e tudo o que diz respeito ao enfrentamento contra esse tipo de violência. Na mesma linha, veio a Lei do Feminicídio, prevista no Código Penal desde 2015, a qual tipifica o crime pelo fato da condição de gênero. Um outro avanço que se pode dizer e garantir: a lei revolucionou a sociedade do ponto de vista cultural do patriarcado brasileiro. Isso porque, apesar de lentamente, houve uma modificação da subordinação do sexo feminino no Brasil, o que sem dúvidas contribuía para uma cultura agressiva e de dominação nos lares brasileiros.

Hoje, no enfrentamento à violência contra a mulher, muitos municípios brasileiros investiram em segurança nesta área e criaram, por exemplo, o projeto Botão do Pânico e a Patrulha Maria da Penha. Esta, atuante em Paranaguá desde o final do mês de janeiro, garante medidas protetivas às mulheres vítimas de violência.

Ou seja, os avanços são grandes. Mas ainda há muito a se fazer do ponto de vista de infraestrutura, investimentos e, sobretudo, educacional e cultural. Isso porque já na infância meninos e meninas deveriam ser educados para crescer sob as mesmas perspectivas de que homens e mulheres não são superiores uns aos outros, e sim iguais. Desta forma, certamente, haverá muito mais a se comemorar.

Continuar lendo
Publicidade

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.