conecte-se conosco

Economia

Paraná registra aumento de renda e de inserção de mulheres no mercado de trabalho

Segundo a pesquisa do IBGE, de 2012 a 2018, as mulheres tiveram um aumento de 35,6 horas semanais para 36 horas

Publicado

em

As mulheres paranaenses estão cada vez mais presentes no mercado de trabalho. Uma pesquisa com base nos dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) mostrou que em seis anos, de 2012 a 2018, subiu em 6,13% o número de mulheres ocupadas no Paraná, enquanto o de homens aumentou 1,66%.
Desde 2012, quase dois milhões de mulheres entraram no mercado de trabalho no Brasil. No Paraná, foram 136 mil. No primeiro trimestre de 2012, as mulheres eram 42,4% do total de pessoas ocupadas. Na pesquisa mais recente, feito no segundo trimestre de 2018, a participação subiu para 43,4%.

Para o presidente do Instituto Paranaense de Desenvolvimento Econômico e Social (Ipardes), Júlio Suzuki, a recessão gerou um cenário em que as mulheres tiveram que sair para ajudar na renda familiar. Porém, em um processo de crise muito grave elas têm se destacado. “A inserção crescente da mulher no mercado de trabalho é um movimento global. Diante da crise nacional, principalmente nos dois últimos anos, houve um processo de busca por trabalho alternativo. Isso fica muito claro no caso da mulher, que demonstrou uma grande capacidade para diversificar e conseguir renda”, explica Suzuki.

Para o presidente do Instituto Paranaense de Desenvolvimento Econômico e Social (Ipardes), Júlio Suzuki, a recessão gerou um cenário em que as mulheres tiveram que sair para ajudar na renda familiar

Esse processo fica ainda mais nítido quando se observa o número de horas trabalhadas. Segundo a pesquisa do IBGE, de 2012 a 2018, as mulheres tiveram um aumento de 35,6 horas semanais para 36 horas. Já os homens, apresentaram uma redução de 42,4 para 40,8 horas semanais, no mesmo período.

RENDA EXTRA

É o caso da jornalista, Franciele Galo, que para complementar a renda decidiu conciliar o trabalho formal com a venda de produtos de beleza. Ela mudou de emprego e passou a ter uma carga horária reduzida, mas também, com menor salário. “Como eu fiquei com um horário livre e precisava de uma renda extra, resolvi vender cosméticos. Mesmo tendo que me dividir entre o trabalho, a venda e a minha filha pequena, a experiência está sendo bacana”, diz Franciele.

Desde 2012, quase dois milhões de mulheres entraram no mercado de trabalho no Brasil

RENDIMENTO

No primeiro trimestre de 2012, as mulheres ganhavam o equivalente a 67,9% do rendimento masculino. Já no segundo trimestre de 2018, este percentual passou para 75,2%. “Essa lacuna vem diminuindo e a mulher tem se preparado para isso. Em média ela estuda mais que o homem e esses anos de estudo permitem maior inserção e melhores salários”, afirma e o presidente do Ipardes.

A pesquisa do IBGE mostra que o rendimento médio recebido pelas mulheres no segundo trimestre deste ano, é 51,88% maior que no primeiro trimestre de 2012 – passando de R$ 1.300 para R$1.976. O dos homens é maior 37,23%, também comparando os dois períodos.

AUMENTO

Apesar de as mulheres ganharem menos, o rendimento delas melhorou, nesses seis anos, mais que o dos homens, mas ainda existe uma diferença salarial entre homens e mulheres de cerca de 28%. Segundo Suzuki, entre os fatores que explicam essa diferença salarial estão a discriminação no mercado do trabalho e a falta de oportunidades iguais em cargos de poder, que demandem salários mais altos. “Muitas trabalham no serviço doméstico e recebem salários menores”, diz Júlio Suzuki.

Fonte: AEN

Continuar lendo
Publicidade

Em alta

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.