conecte-se conosco

Cultuando

Exposição Mar de Lá

A mostra apresenta com muita sensibilidade e talento uma mescla de artes visuais e literatura.

Publicado

em

A Casa da Cultura Monsenhor Celso abriu ontem, dia 11, para receber os seletos convidados que apreciaram a exposição Mar de Lá com trabalhos dos artistas Marilia Diaz, André Serafim e Paulo Rás. A mostra apresenta com muita sensibilidade e talento uma mescla de artes visuais e literatura. Realmente Imperdível!

Arte africana no cubismo

A partir de meados do século XIX, novas gerações de artistas na Europa começam a rejeitar a estética tradicional e arte africana clássica, em busca de formas mais abstratas de representação. As transformações sociais e as revoluções políticas, em particular na França, já anunciavam um rompimento com o passado que viria a ser refletido na arte e que teve início com o movimento impressionista. Paris tornou-se a capital cultural onde afluíam artistas de toda a Europa e continente Americano. E como capital de uma potência colonizadora também, Paris era um símbolo do poder político da França no mundo, uma cidade esplendorosa onde o espólio colonial era exibido em museus, galerias de arte, coleções particulares, salões artísticos e academias científicas. Uma exposição que teria uma influência enorme nos movimentos de Arte Moderna, em particular o Fauvismo e o Cubismo. Entre estes artistas estava o jovem Pablo Picasso.

O seu interesse e curiosidade pela arte Africana foram estimulados por visitas constantes ao Trocadero onde se terá deparado com esculturas do Congo e máscaras da África ocidental, como as máscaras da cultura Dan denominadas Gle concebidas como encarnações de seres espirituais chamados para benefício da comunidade. Da mesma forma que os colecionadores nada sabiam destes contextos em que a arte africana era criada, Derain, Picasso, e os outros pintores modernistas, não tinham conhecimentos sobre a cultura dos povos africanos e da funcionalidade social dos objetos que tanto admiravam. O seu interesse era puramente formalista.

E a influência da arte africana no cubismo igualmente formal. A arte africana oferecia as estratégias de representação abstrata que procuravam para criar uma nova linguagem visual modernista que rompesse radicalmente com as estéticas anteriores. E para Pablo Picasso essa linguagem foi o Cubismo. A influência das máscaras nas faces de Les Demoiselles d’Avignon é apontada como o mais flagrante exemplo dessa força estética Africana de onde Picasso bebeu.

Texto Manuela Tenreiro/Citaliarestauro

Continuar lendo
Publicidade

Em alta

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.