conecte-se conosco

Valmir Gomes

COPA BRASIL

Começou mais uma competição no futebol brasileiro, a famosa Copa do Brasil, na minha opinião uma maneira da CBF agradar os clubes de todas as regiões do país

Publicado

em

Começou mais uma competição no futebol brasileiro, a famosa Copa do Brasil, na minha opinião uma maneira da CBF agradar os clubes de todas as regiões do país. Até entendo que a ideia é dar oportunidade as equipes jogarem uma competição nacional. Como o Brasil é uma nação de um território gigante, seria mais lógico regionalizar a competição. Até chegar em uma fase onde os classificados fossem atuar entre si, independente da sua região. Seria menos desgastante para todos e mais lógico. Imagino que o futebol bem jogado com campo bom e técnica, deveria ser a prioridade, porém pelo visto não é, existem outras prioridades.

ÁGUIA DE MARABÁ X CORITIBA

Nesta quinta-feira os coxas iniciam sua caminhada na Copa do Brasil, as 20 horas no Estádio Zinho Oliveira no interior do Pará, vão enfrentar o Águia de Maraba, uma força emergente do futebol daquela região. Mesmo sendo uma agremiação nova profissionalmente, desde 1999, no ano passado foi Campeão Paraense e já chegou a terceira fase da Copa do Brasil, em passado recente.
Ano passado eliminou o Goiás do técnico Guto Ferreira, hoje no Coritiba. O coxa tem a vantagem de jogar pelo resultado de empate, porém todo cuidado é pouco. Não pensem que é jogo fácil.

AMÉRICO X PETRAGLIA

Está havendo uma animosidade no ceio da família atleticana, o Conselho do clube quer mudar o nome do Estádio de Joaquim Américo para Mário Celso Petraglia. A família Américo não aceita. Vejam o que disse sua bisneta Renata Guimarães Fernandes. “Homenagem de um, desomenagem do outro. Tenham respeito pelo passado do clube e seus dirigentes.” De fato,  um fato incomum, acho que o Petraglia merece todas homenagens possíveis, porém tem que haver respeito pela história do clube e seus fundadores. Um assunto polêmico sem dúvidas, que me parece não devia ser pauta de reunião do Conselho.

ZEZÉ E LUCIANO EM MATINHOS

A dupla Zezé di Camargo e Luciano estarão em Matinhos neste sábado dando um show aos seus inúmeros fãs. Independente do clima, imagino um público recorde, pela qualidade e pela fama da dupla no Brasil inteiro. Zezé di Camargo é um senhor cantor, Luciano completa a dupla fazendo uma segunda vóz de muita qualidade. Os caras nasceram para cantar e encantar á atual juventude, onde se apresentam é sucesso garantido. Parabéns a Prefeitura de Matinhos pela escolha, ao povo um bom show, de preferência sem chuva e com muita animação e cordialidade.

CAP 100 ANOS HÉLIO ALVES

Escrevemos acima sobre o estádio e a mudança de nome, justamente no ano do centenário do clube. Quantas pessoas de ambos os sexos ajudaram o rubro-negro nestes 100 anos. Presidentes, diretores, funcionários e atletas, foram uma somatória de trabalho em benefício do clube. Outro dia em conversa com gente do futebol, lembramos na mesa do Cantinho do Eisbein, muita gente que passou pelo centenário Atlético. Um deles foi o campeoníssimo Hélio Alves, que saiu da cidade de Paranaguá, para trabalhar na capital do Estado. Hélio no Atlético daquela época fez de tudo, foi supervisor no futebol e administrador do clube. Em algumas situações, foi o próprio Atlético, ainda sem o H no nome. Hélio era daquelas pessoas, que se preocupavam com tudo no clube, do piso ao teto. Era sempre o primeiro a chegar e o último a sair. Pelo menos 12 horas diárias em benefício do CAP. Um revolucionário no clube, um campeão. Lembro com saudades da figura do ” seu Hélio” como era respeitosamente chamado por quase todos. Á história do centenário Clube Athletico Paranaense passa também pela figura do parnanguara João Hélio Alves o “feiticeiro” do Furacão.

Continuar lendo
Publicidade










Em alta

plugins premium WordPress