Connect with us

Semeando Esperança

O Senhor está no meio de nós!

Frequentemente tenho sido interrogado se é possível celebrar a Páscoa

Publicado

em

Frequentemente tenho sido interrogado se é possível celebrar a Páscoa, enquanto somos insistentemente convocados a permanecer em nossas casas, assumindo o isolamento social como medida, ainda que provisória, para conter o avanço maléfico do novo coronavírus, a Covid 19. Esse questionamento brota da experiência dolorosa de não podermos nos reunir em comunidade para celebrar esses dias sagrados. Tenho refletido muito sobre isso, e procurado respostas concretas, as melhores que tenho encontrado. Insisto, principalmente, na celebração litúrgica em casa. E, claro, as pessoas poderão igualmente buscar e encontrar pistas que as ajudem a bem viver a Páscoa em tempos de Covid-19.

Como faz bem aos nossos corações reconhecer que as “portas” estão fechadas, mas isso não impede que Cristo, o Crucificado-Sepultado-Ressuscitado, entre e se coloque ao nosso lado, esteja entre nós. Ele é o vivente, passou da morte à vida, ressuscitou como primícias de nossa ressurreição. À Maria Madalena, que saiu de sua casa e foi ao sepulcro para chorar o Mestre e Amigo morto – assim pensava ela –, Jesus se manifestou vivo, chamando-a pelo nome: “Maria”. Ela, Apóstola dos Apóstolos, pode testemunhar: “Vi o Senhor”, o Mestre não está morto, mas vive! E aos próprios Apóstolos, reunidos a “portas fechadas” por medo dos judeus, Jesus também se mostrou vivo e lhes concedeu a paz e o dom do Espírito Santo para serem seus missionários (Jo 20,11-23). Em família – entristecidos, talvez sem esperança, empobrecidos – vocês podem fazer a experiência do amor de Jesus Cristo, pois ele está vivo e está no meio de vocês. E se você vive só, como estava Maria Madalena, junto ao sepulcro, Jesus revelará que está a seu lado e lhe chama pelo nome. Em família ou sozinhos – infelizmente sem nos reunirmos como Igreja – podemos viver a Páscoa. Pelo batismo somos Igreja, um povo sacerdotal (1Pd 2,9; Ap 1,6), celebrando no templo de nossas casas.

Em nossa casa, retomemos hoje um dos Evangelhos propostos para este Domingo da Páscoa: Lucas 24,13-35. Aos discípulos de Emaús, que iam pelo caminho com o rosto triste – como o daqueles para os quais a esperança morreu –, Jesus se mostrou presente, caminhando com eles, falando-lhes das Escrituras. E quando “partiu o pão”, eles o reconheceram e foram correndo anunciar aos outros a boa notícia da salvação. Sim! De novo é possível dizer: “Ele, Jesus Ressuscitado, está no meio de nós!” Redescubramos a beleza e a força de poder dizer em nossas casas, animando-nos mutuamente, que Cristo vive e está conosco. E alimentemos no coração, aquela alegria que nos inundará no dia em que proclamaremos em comunidade, reunida para a Eucaristia: “Ele está no meio de nós”.

“Eu creio num mundo novo, pois Cristo ressuscitou!”

Feliz Páscoa! Feliz renascimento da Fé, da Esperança e da Caridade!