Connect with us

Paraná Empreendedor

Lobby: direito ou vilania?

Prática antiga, a defesa de interesse, hoje legalmente exercida por profissionais de RELGOV, ficou conhecida pelo termo inglês lobby,

Publicado

em

Prática antiga, a defesa de interesse, hoje legalmente exercida por profissionais de RELGOV, ficou conhecida pelo termo inglês lobby, que carrega uma carga pejorativa, mas pode ser fundamental na defesa de políticas públicas do interesse de muitos.

Desde o início da humanidade existe a prática da “defesa de interesse”, que nada mais é do que buscar a solução de algum assunto que afeta sua vida, ou a de um grupo de pessoas, em outra pessoa — em geral governante ou legislador. Hoje são chamados de profissionais de Relações Institucionais e Governamentais, o RELGOV.

Entretanto, “defesa de interesse”, que sempre aconteceu, passou a ser conhecida pela palavra “lobby”. E devido ao uso americanizado das palavras, no Brasil, ganhou um tom pejorativo. Ou seja, praticar lobby ficou associado a relações de má índole [com o poder].

É preciso esclarecer esse assunto e desfazer essa visão equivocada. Uma das traduções para lobby significa “pressionar” ou “tentar influenciar”, o que nada mais é do que defender um interesse sobre assunto que lhe afeta.

Não se pode deixar de reconhecer que, como em todas as profissões, há indivíduos cuja prática não é idônea, mas isso não pode transformar todos os profissionais em vilões.

Não há ainda uma formação específica e regulamentada (PL 1202/2007 em discussão no Congresso) para o profissional de RELGOV. É uma profissão que conta com a sensibilidade, a percepção de momento certo de atuar e, principalmente, a conexão com pessoas.

RELGOV está muito relacionado com política, tema que todos deveriam conhecer. Dos processos às pessoas que legislam, administram ou fiscalizam, pois é por meio da política que acontece a construção de um país.

Outro quesito chave na profissão é a experiência. Não basta ser graduado, ter mestrado, doutorado e ser fluente em quatro línguas, se falta experiência com relacionamentos e negociações. O ponto forte do profissional RELGOV é o convencimento. E não só pelos termos técnicos, mas argumentos sólidos, para que uma ação gere benefícios a outros, além do seu interesse e de seu grupo.

É um excelente instrumento na defesa de políticas públicas, pois trata de interesses diversos, onde o benefício para uma empresa ou grupo, pode se reverter em benefícios para toda uma população vinculada a uma determinada questão.

*Contribuição de uma conversa com a profissional de RELGOV Kátia Garban.

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.