conecte-se conosco

ADI Paraná

Cidades excelentes

Publicado

em

ADI

Pato Branco é mais uma vez destaque em excelência, conquistando o 1º lugar na categoria Infraestrutura e Mobilidade, entre os municípios de 30 a 100 mil habitantes, no Prêmio Band Cidades Excelentes, fase nacional. Competiram com Pato Branco os municípios Pará de Minas (MG) e São João da Boa Vista (SP). “Pato Branco avançou muito nos últimos dois anos. São diversos projetos sendo desenvolvidos em todas as áreas que melhoram diariamente a nossa cidade, a vida do pato-branquense. Somos uma cidade excelente, que pensa no presente e no futuro da nossa população”, destaca o prefeito.

Foto_ Rodinei Santos_Prefeitura de Pato Branco

Projeto de destaque
O município foi avaliado a partir de seis pilares: Governança, Eficiência Fiscal e Transparência; Educação; Saúde e Bem-Estar; Infraestrutura e Mobilidade Urbana; Desenvolvimento Socioeconômico e Ordem Pública; e em Sustentabilidade. Pato Branco totalizou 91 pontos em infraestrutura e mobilidade, tendo o projeto Pato Rotas no Campo, que gera código eletrônico (como um CEP) para propriedades rurais do município, citado como destaque no pilar.

Música no Fantástico
O Tribunal Regional Eleitoral se manifestou, pela terceira vez, pela reprovação da prestação de contas da campanha eleitoral do senador eleito Sergio Moro (União Brasil). Segundo do TRE, Moro cometeu infração grave na documentação. Depois que a defesa do ex-juiz apresentou em uma tréplica novos comprovantes para justificar gastos considerados inconsistentes, mais uma vez a documentação foi rejeitada. As contas de Moro poderão se tornar alvo de uma investigação mais rigorosa.

Roda gigante
A Vila de Natal Electrolux, na Praça Santos Andrade, tem a Roda Gigante, uma das atrações gratuitas do Natal de Curitiba – Luz dos Pinhais, que funciona junto com a tradicional feirinha especial e as outras ativações da Vila de Natal. A roda-gigante de 20 metros está aberta ao público de sexta a domingo, das 16h às 22h, até dia 23 de dezembro.

Bola gigante
Outra atração de Curitiba é a Bola de Natal Gigante, instalada pelo Athetico Paranaense na Praça Afonso Botelho. “Agradeço ao Club Athletico Paranaense o patrocínio dessa magnífica bola que evoca o campeonato mundial de futebol, que esperamos que seja do Brasil. Deixo aqui também minha homenagem aos talentos que passaram pelo Athletico, Bruno Guimarães e Alex Sandro, e que estão em nossa seleção”, disse o prefeito Rafael Greca (PSD).

Confiança empresarial
O Índice de Confiança Empresarial, medido pela Fundação Getulio Vargas, recuou 6,7 pontos de outubro para novembro. Assim, o indicador atingiu 91,5 pontos, em uma escala de zero a 200, seu menor nível desde fevereiro deste ano (91,1 pontos).

UFPR
A UFPR informa aos candidatos convocados para a segunda fase do vestibular 2023 que as provas da segunda fase estão confirmadas nos dias 4 e 5 de dezembro em Curitiba, Matinhos, Palotina, Toledo e Jandaia do Sul .Está disponível no www.nc.ufpr.br, o comprovante de ensalamento para as provas.

Desemprego
A taxa de desocupação, que mede o desemprego no país, foi de 8,3% no trimestre encerrado em outubro. Essa taxa representa queda de 0,8 ponto porcentual, a menor para o período desde 2014.

Aumento
A Câmara Municipal de Marialva passará a ter mais quatro vereadores a partir da próxima legislatura em 2025. O aumento no número de cadeiras, de 9 para 13, foi aprovado por unanimidade na sessão desta semana.

Projeto aprovado
A Frente Parlamentar da Agropecuária articulou a aprovação na Comissão de Constituição e Justiça da Câmara dos Deputados, o projeto que susta a solução de consulta interna da Receita Federal do Brasil que criava o imposto de exportação sobre suco de laranja. A medida foi aprovada com 30 votos favoráveis e oito contrários e segue agora para votação no plenário do legislativo.

Petrobras
A Petrobras pretende investir US$ 78 bilhões nos próximos cinco anos, segundo o plano estratégico da estatal para o período de 2023 a 2027, divulgado nesta semana. A quantia está 15% acima da média dos planos anteriores.

Visitantes
O Parque Nacional do Iguaçu recebeu 159.754 visitantes no mês de novembro. O maior fluxo de visitantes é de brasileiros, com 99 mil pessoas, e as regiões do país com mais representantes são sul, sudeste e centro-oeste. Já no comparativo de estados, o Paraná segue na liderança, acompanhado por São Paulo, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Distrito Federal, Mato Grosso do Sul, Ceará e Bahia.

Recuperação
Em novembro de 2019, período anterior à pandemia e melhor ano de visitação, o parque recebeu 196.685 visitantes. No comparativo com novembro deste ano, com 159.754 pessoas, o atrativo recuperou 81% da visitação. No acumulado do ano, de janeiro a novembro de 2022, a unidade de conservação recebeu 1.274.458 visitantes. A recuperação do movimento foi de 70%, comparando com 2019, ano em que 1.816.684 pessoas estiveram no parque no mesmo período.

Nova concessão
Começou ontem a nova concessão do Parque Nacional do Iguaçu que terá um período de 30 anos e prevê investimentos de R$ 500 milhões em cinco anos.

Preso
A Polícia Civil já prendeu o agressor Paulo Cezar Bezerra da Silva que desferiu golpes de cassetete no rosto, nuca e pernas do músico Odivaldo Costa dos Santos, de 55 anos, e ainda instigou seu cão a atacá-lo.

Pela educação
“Se você quer ajudar o País, invista na educação das crianças pobres, forjando seu caráter até os 13 anos de idade. Se elas chegarem a esta idade no bom caminho, você formará um cidadão. Caso contrário, se estiver fora dos trilhos, será difícil reconduzi-lo”, disse o empresário paranaense, Francisco Simeão, criador do programa “Bom Aluno” há 28 anos e que já conta com seis unidades no país.

Tarifa Zero
Já são 51 cidades brasileiras que adotaram a Tarifa Zero no transporte urbano. A equipe de transição do governo Lula (PT) avalia a medida. “O presidente Lula pode dar apoio a essa ideia. Joguei o tema para ser debatido no grupo de trabalho das cidades. Meu papel é ajudar a convencê-lo da necessidade do direito de ir e vir. Assim como a população tem acesso à saúde gratuita e universal, acesso à educação, precisa ter acesso ao transporte”, diz o deputado Jilmar Tatto (PT) SP que integra a equipe de transição de governo. No Paraná, seis cidades têm tarifa zero, uma proposta defendida pelo IBT (Instituto Brasil Transporte).

No Paraná
O TCU aponta 225 obras com recursos federais paralisadas ou inacabadas no Paraná. São construção de creches e escolas, cobertura de quadra escolar, pavimentação, estudo e projeto de execução de obras para contenção da cheia de rios, melhorias habitacionais, entre outros. O Paraná tem 830 obras com recursos federais em andamento, investimento de R$ 5 bilhões. As obras paradas somam R$ 800 milhões em recursos empregados.Coluna publicada simultaneamente em 20 jornais e portais associados. Saiba mais em www.adipr.com.br

Continuar lendo
Publicidade










plugins premium WordPress