Logotipo

Mais de sete mil pessoas foram vacinadas contra a febre amarela em Paranaguá

07 de fevereiro de 2019

Número é satisfatório, porém, as pessoas que não se vacinaram devem procurar uma das 19 unidades de saúde

Compartilhe

Com o alerta realizado pelo Governo do Estado de morte de macacos em Antonina por febre amarela no dia 22 de janeiro e confirmação do primeiro caso da doença em humanos no dia 29 de janeiro, a procura pela vacina contra a doença, principal forma de prevenção à enfermidade, se intensificou em Paranaguá. Desde então, a Prefeitura de Paranaguá, através da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), procurou intensificar a aplicação das doses na população, algo que já surtiu efeito positivo, visto que na quarta-feira, 6, o município anunciou que 7.165 pessoas foram vacinadas contra a febre amarela, número tido como satisfatório pelas autoridades.

De acordo com a Semsa, a unidade mais procurada para se vacinar é a da Rua Gabriel de Lara, que fica bem ao lado da 1.ª Regional de Saúde.  “A intensificação começou há duas semanas e o número é satisfatório. A aplicação da dose já fazia parte da rotina das unidades básicas e era oferecida uma vez por semana, sendo que, diariamente, somente na Gabriel de Lara.

om o alerta feito pelo Governo do Estado com a suspeita da morte de macacos em Antonina, que depois se confirmou, a Secretaria Municipal de Saúde, atendendo determinação do prefeito Marcelo Roque para proteger a população da cidade, resolveu disponibilizar a vacina em todas as unidades de saúde, em horário comercial, e também nas sete que possuem atendimento estendido, das 18h às 23h”, afirma a Assessoria de Imprensa da pasta municipal de Saúde. 

O balanço do município é de que o aumento na procura da vacina foi exponencial. “A orientação é para que a população se vacine, pois essa é a única forma de se prevenir contra a doença, sobretudo pessoas que moram em região de mata ou que têm contato com a zona rural esporadicamente, nos finais de semana, por exemplo”, ressalta a prefeitura.

Unidade de saúde da Gabriel de Lara é a mais procurada pela população para ser vacinada. O local atende em horário comercial das 8h às 17h e também das 18h às 23h

NÚMERO DE CASOS

Segundo a Semsa, a Secretaria de Estado da Saúde divulgou balanço dos casos de febre amarela, investigados e confirmados em Paranaguá e no litoral na última semana. “De julho do ano passado até o final de janeiro deste ano foram notificados 30 casos suspeitos da doença, sendo apenas um confirmado e nove ainda em investigação. Um novo boletim deve ser divulgado nesta quinta-feira, 7, com dados atualizados”, complementa. 

PONTOS DE VACINAÇÃO

Há inúmeros locais para a vacinação contra a febre amarela em Paranaguá. Segundo a Semsa, todas as 19 unidades básicas oferecem as doses em horário comercial, das 8h às 17h. São elas: Serraria, Banguzinho, Ilha dos Valadares (Norberto Costa e Rodrigo Gomes), Jardim Araçá, Gabriel de Lara, Vila Garcia, Vila Guarani, Santos Dumont, Caic, Branquinho (Vila Divinéia), Alexandra, Vila do Povo, Jardim Iguaçu, Maria Luíza, Ilha de São Miguel, Amparo, Ilha do Mel (Nova Brasília e Encantadas). Sete delas funcionam com horário estendido, das 18h às 23h. São elas: Gabriel de Lara, Vila Garcia, Serraria do Rocha, Alexandra, Jardim Iguaçu, Ilha dos Valadares (Rodrigo Gomes) e Branquinho.
 


Colunistas